*Não fosse o amanhã, que dia agitado seria o hoje!

sábado, 30 de abril de 2011

Pensão criada pelo marechal Deodoro ainda consome R$ 58,6 mi da União. Mesmo sem permitir novas adesões desde 1991, fundo destinado a herdeiros de integrantes da alta magistratura precisa de aporte do Tesouro; em 2010, 237 beneficiários receberam R$ 20 mil mensais. Um século depois de criado, o desconhecido Montepio Civil da União sobrevive até os dias de hoje [...]. Em uma década, o montante de beneficiários do montepio encolheu drasticamente: hoje é 15 vezes menor do que as 3.719 pessoas que desfrutavam do benefício em 2000. estadão.com.br 24.04.11

Melhor não mexer com isso não, pois esta semana, por muito menos, um repórter da Rádio Bandeirantes quase apanha do senador Roberto Requião por ter indagado sobre sua pensão como ex-governador. Como Deodoro já morreu, faz tempo, vai ele se melindre e resolva assombrar o país tentando re-proclamar a independência.  

Homem que encenava Paixão de Cristo cai da cruz em Belo Horizonte. Acidente aconteceu na noite desta sexta-feira (22) na Região Norte. Vítima teve ferimentos leves e já recebeu alta. G1 24.04.11

Como muito bem afirmam nossos lusitanos patrícios: - Quem não tem competência não se estabelece.

A cantora Lady Gaga será a madrinha do filho de Elton John, Zachary, [com o marido David Furnish], confirmou o cantor [...] em uma entrevista à apresentadora Barbara Walters, no programa "Good Morning America"...  folha.com 24.04.11

Pra fechar com chave de cadeia – Ops! Erro nosso – com chave de ouro, pois Sir Elton John gosta e até já foi dono de um time de futebol - o Watford Futebol Clube- poderia convidar Adriano, do Corinthians, para padrinho.

"Infelizmente o Brasil está atolado num cafona e imenso arraial agrobrega", dispara Lobão ao ser questionado sobre a crise do rock nacional. Durante conversa com os leitores do Guia via Twitter, na tarde desta quarta-feira (27)... Folha.com 26.04.11

Grande Lobo! As vezes ele faz uma cesta de três pontos.... 

sexta-feira, 29 de abril de 2011

A atriz Lindsay Lohan foi sentenciada a 120 dias de prisão na sexta-feira por violar sua condicional. Lohan foi levada de um tribunal em Los Angeles por autoridades após audiência no caso de roubo de um colar, pelo qual enfrentará julgamento em junho sob acusação de contravenção simples. Porém, um juiz decidiu na sexta-feira que este incidente foi uma violação da liberdade condicional e sentenciou Lohan a 120 dias de prisão e 480 horas de trabalho comunitário. O advogado da estrela disse que ela vai recorrer. de Alex Dobuzinkskis para estadão.com.br 23.04.11

Não tem esse papo de “ela vai recorrer”. A juíza Stephanie Sautner reiterou a condenação de Lindsay a 120 dias de prisão e mais 480 horas de serviços comunitários, assim distribuídos: das 480 horas, 360 serão realizadas em um centro comunitário de mulheres e as outras 120, no necrotério conforme notícia do estadão em 26.04.11.

Não tem moleza não, pode ser quem for, a lei está sempre acima. Charlie Sheen, Nicolas Cage, Paris Hilton, Winona Ryder e vai por aí, já tiveram que se explicar à justiça americana, isso seguindo a linha celebridades, pois até a sobrinha do presidente George Bush, Noelle, de 24 anos, que foi flagrada tentando comprar remédios de venda controlada com uma receita médica falsa também já foi enquadrada. Nisso eles são bons, só se enrolam no quesito “terrorismo” aí o desempenho é fraco. Agora, aqui pra nós, 120 horas faxinando necrotério não é mole não - se trabalhar seis horas por dia, serão 20 dias ao final - limpando sangue de chão, catando pedaços de orelhas, restos de intestinos e tudo o mais considerado lixo de autópsia. Aqui, na terrinha, por exemplo, Edmundo, o animal, ainda não foi enjaulado – por aqui só enjaulam chimpanzés, micos, passarinhos, onças e terroristas italianos.    

Passados menos de quatro meses do início do atual mandato, mais de um terço dos governadores eleitos em outubro já têm os mandatos questionados na Justiça. Levantamento feito nos TSE e TREs, mostra que 11 dos 27 chefes dos Executivos estaduais são acusados de condutas como abuso de poder político e econômico, uso indevido de meios de comunicação e [...] prática de compra de votos. Se forem considerados culpados pela Justiça Eleitoral, esses governadores terão de deixar os cargos e ainda correm o risco de ficarem inelegíveis, por causa da Lei da Ficha Limpa. [...] estadão.com.br  23.04.11

Inelegíveis quando? Nas próximas eleições ou vale somente pra os próximos crimes? 


O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), tomou uma decisão importante ontem, durante evento realizado em Comandatuba. Para uma platéia de centenas de empresários, ele anunciou que vendeu por R$ 500 mil sua barba para a Procter & Gamble, que fabrica a Gillette. O dinheiro foi doado ao Instituto Ayrton Senna. O governador vai tirar a barba depois de 34 anos. Ele não disse como vai ser a negociação nem se vai participar de um comercial da empresa. estadão.com.br  23.04.11

No tempo do século retrasado, melhor ainda, no tempo do meu avô, bastava um único fio de barba para se firmar um acordo. Atualmente é necessária uma barba inteira – e com platéia. O que precisará ser cortado, daqui há uns cem anos, para se firmar um contrato semelhante? Preocupa!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

A promotora de Justiça do Distrito Federal Déborah Guerner foi presa [...] pela Polícia Federal, em Brasília, sob a acusação, entre outras, de ter tomado aulas de como simular problemas mentais. O propósito seria o de atrapalhar as investigações que ela enfrenta desde 2009 por suposto envolvimento com o escândalo do mensalão do DEM [...]. Ela, o marido e dois médicos de São Paulo foram denunciados pelos procuradores sob a acusação de tramarem atestados falsos de insanidade mental da promotora, o que configuraria, em tese, fraude processual. A defesa de Déborah já afirmou que ela é incapaz de controlar as próprias emoções. Folha.com  21.04.11

Fico cá com meus comprimidos – aposentado só usa camisetas e elas não têm botões – o que faz um casal de meritíssimos se enredar pelas vielas do crime e ainda se associare a dois doutores médicos - como dizia minha vó – para turbinar ainda mais o negócio! É o crime organizado pós-graduado? Se pensarmos friamente, pessoas com esse nível de intelecto, que se prepõem a tomar aulas “de como simular problemas mentais” e “tramarem atestados falsos de insanidade mental” precisam de fato de um tratamento de choque. A defesa ainda afirma que a promotora “é incapaz de controlar as próprias emoções”. Segundo minha amiga Cacau: “-Na hora do conluio, todos os envolvidos eram mentalmente aptos. Precisam de um tratamento de choque sim, mas daqueles das cadeiras elétricas”. Menos, Cacau, menos...       

SÃO PAULO - O Complexo Hospitalar Paulista, em Cerqueira César, região central da capital, foi fechado nesta quinta-feira, 21, por causa de uma dívida de R$ 2 milhões em alugueis do imóvel onde funcionava. Havia 38 pessoas internadas, que tiveram de ser transferidas para outras unidades ao longo do dia. [...] Os administradores não foram encontrados pela reportagem. Estadão.com.br 22.04.11

É triste, né mesmo? Despejar pacientes de UTI. A meu ver essas história que contam da falência dos serviços de saúde e educação, dentre outros, no Brasil, têm origem na ancestralidade de comportamentos como, por exemplo, do casal de meritíssimos citados acima. É uma rede, uma teia maligna, fétida e viscosa que vai enredando seres que se conectam com correntes de pensamento deletérias que visam, unicamente, o bem pessoal acima de qualquer preço. É um surto socialmente genético, se é que isso possa existir. Acho que Freud, ou melhor, Jung pode explicar, mas deixa pra lá.

Pelo G1 de 26.04 chega a notícia que o Hospital Universitário de Brasília fechou seu centro cirúrgico, por causa da falta de materiais básicos. Em média eram realizadas cerca de dez cirurgias gerais por dia no local, mas - tem jeito não - a grande polêmica do momento é a construção do estádio do Corinthians previsto para sediar a abertura da Copa do Mundo de 2014, em Itaquera. As vezes é desanimador.  

Um posto da polícia rodoviária na BR-222 - virou um bar - com venda de bebidas e mesas de jogos. [...]. “No Maranhão você não encontra um posto com condições. O policial fica na dúvida se ele obedece a constituição que é o código brasileiro ou se ele obedece a instrução normativa da Polícia Federal", diz um policial. G1 22.04.11

Acho que na dúvida, o que o policial tem a fazer de melhor é entra no posto/bar e pedir uma brahma bem gelada, ainda mais no Maranhão, lugar quente como aquele, terra de “marimbondos de fogo”. 

Os ingleses não são pontuais! Sofrem de TOC na relação com o relógio. Prever que a noiva vai sair para a igreja às 10h51, peralá! Tomara que a lua-de-mel de Kate e William não seja cronometrada com o mesmo rigor pelo cerimonial britânico ou, na hora agá, o príncipe vai acabar falhando. Imagina ir pra cama às 23h13 com o compromisso de ficar em ponto de bala às 23h18 para satisfazer a primeira-plebéia precisamente às 23h47. Não dá! [...]. Ainda não foi definido o horário em que, day after, o irmão caçula do noivo vai vomitar nos jardins da casa da avó, dando por encerrada a festinha [...]. A conferir! tuttyvasquez estadão.com.br

quarta-feira, 27 de abril de 2011

A chuva atinge a Zona Sul do Rio, no fim da tarde desta terça-feira (26). Há alguns pontos de congestionamento na Rua Jardim Botânico, na altura do Parque Lage, no sentido Gávea. A chuva também atinge a Zona Norte do Rio, a região mais afetada pelo temporal que caiu na noite de segunda-feira (25). Todos os sites de notícias em geral neste 26.04.11

Saudades do tempo que as águas de março fechavam o verão, das promessas de vida em nosso coração, pois já é quase Maio e as águas de março, harmônicas jobinianas, continuam abertas e é carro enguiçado, é lama, é pau, é pedra, é um resto de toco, é o fim do caminho... isso só pode ser praga de dupla caipira

l Após ser suspensa, a canadense Julie Gagnon, conhecida pelo nome de Samantha Ardente, foi demitida de uma escola no Canadá depois que um aluno descobriu que ela trabalhava secretamente como atriz pornô, segundo a imprensa canadense. G1 21.04.11

l Dois meses e meio após o ano letivo começar, cerca de 20 mil alunos dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) de todo o País estão sem aula (total ou parcialmente) por falta de professor. O transtorno ocorre por causa de problemas burocráticos entre os Ministérios da Educação e do Planejamento. A crise foi deflagrada após a edição da Medida Provisória 525, de fevereiro deste ano, que limitou o porcentual de professores substitutos a 20% do total de efetivos [...]. Para se adequar à MP, o Ministério do Planejamento bloqueou o sistema de inclusão e cadastro de docentes substitutos, o Siape. Com o bloqueio, professores substitutos aprovados em concurso para trabalhar por até dois anos, foram impedidos de assumir o cargo. Já os que haviam começado a lecionar antes da interrupção do sistema estão sem receber salário há mais de 60 dias. Estadãonline 21.04.11

O que a história de Julie Gagnon, a professora demitida por fazer uns bicos em filmes pornôs, na hora vagas, para ajudar na renda de casa, tem a ver com os professores substitutos que estão sem poder assumir seus cargos de direito e/ou que estão sem receber seus salários há mais de 60 dias? Tudo! Pois terão que se virar até que os ministérios da Educação e do Planejamento se entendam, e como bem sabemos isso pode levar um bom tempo.
Não necessariamente, todos precisam se candidatar a atores pornôs, mas tem várias opções como a sugerida pelo Tutty Vasques, publicada nos estadão 16.04.11: “Os shows do U2 em São Paulo criaram no Brasil um novo patamar de flanelinha! Com vagas a R$ 140, francamente, precisa ser muito burro para querer ser médico no Brasil, né não?”

Taí uma boa oportunidade, não só pra médico e professor, mas também pra arquiteto, músico profissional, contador, economista (menos a Dilma), policial militar, metalúrgicos (menos o Lula), micro empresário e vai por aí, ladeira abaixo arrastando a auto-estima do brasileiro tal qual uma tsunami alucinada.    

A britânica Sofia Taylor, de 22 anos, recusou-se a acreditar no resultado de um exame de ultra-som durante a gravidez: o coração do bebê havia parado de bater. Ao invés de tomar as pílulas abortivas que recebeu no Royal Sussex County Hospital, em Brighton (Reino Unido), Sofia, resolveu esperar pelo próximo exame dali a oito dias. “Eles me disseram para me livrar do bebê, mas depois de três crianças, eu sabia como era se sentir grávida”, disse Sofia, [...] ao jornal britânicoThe Sun. A intuição da mãe estava certa: no teste seguinte, foi comprovado que a criança estava viva. G1 20.04.11

Beleza de mãe! Mas essa noticia estava escondida num canto do portal do G1. Como a estória acabou bem a mídia não deu destaque ao fato. E veja a gravidade do caso, pois a criança poderia ter sido abortada se a mãe tivesse seguido as orientações do hospital inglês, que inclusive forneceu as pílulas abortivas. Outro dia – que não me lembro quando e nem em que canal de TV – alguém afirmava que o povo gosta de tragédia, quanto mais sofrimento e gente chorando na tela, mais audiência tem o telejornal.  É verdade. Atualmente as coberturas jornalística, principalmente pela TV, vão fundo na desgraça alheia a ponto de mostrar cenas de fazer inveja a qualquer um dos filmes da saga “O Massacre da Serra Elétrica”. Já vi reporte tentando arrancar confissão de preso, esmiuçando detalhes de como o crime foi praticado, se ele estava arrependido e vai por aí num desfile de sadismo explícito, ao vivo e a cores

Ainda sobre o assunto, destaco um trecho da matéria intitulada “Deixar a vida para entrar no espetáculo” de Eugênio Bucci (1): [...] no entanto, os jornalistas terão de se ocupar, ainda outras vezes, e sempre tragicamente, de horrores... É possível que eles se indaguem, às vezes, se devem dedicar tanto destaque a essas coberturas. É possível que se questionem: será que tanta manchete, tanta capa de revista, tanto horário nobre, será que tudo isso não vai encorajar outros criminosos com o mesmo perfil? [...] Se é dever da imprensa noticiar os males que se fazem às escondidas, da corrupção ao genocídio, é dever dela amplificar as matanças que só foram perpetradas porque desejavam [os assassinos] a atenção dos holofotes?

terça-feira, 26 de abril de 2011

Em homenagem ao casamento do príncipe William com Kate Middleton, uma cervejaria escocesa lançou uma edição especial de cerveja com Viagra [...], a "Royal Virility Performance" (algo como "Performance da Virilidade Real"), da Brew Dog, é vendida pela internet por 10 libras a garrafa [...]. Além de Viagra, a bebida do tipo India Pale Ale leva chocolate, outros ingredientes afrodisíacos e "uma dose saudável de sarcasmo". G1 20.04.11

Sei não, esse príncipe não me convence desde o dia em que tremeu nas bases, nos ensaios da cerimônia nupcial, conforme ele mesmo afirmou (folha.com 01.04). Vai ter que beber muita cerveja. Agora aqui pra nós, que diabos de cerveja é essa que “leva chocolate, outros ingredientes afrodisíacos e uma dose saudável de sarcasmo” – tá parecendo mais um Ebó de encruzilhada.  

Maré boa: Ainda é muito pouco. Mas a notícia é boa. Em dez anos, se­gundo o IBGE, dobrou a população da Favela da Maré, no Rio, com ensino superior. Cerca de 1,8% dos morado­res (mais de 1.000 pessoas) tem diploma ou cursa faculdade. Aliás o mérito não é do poder pú­blico, mas da comunidade. É bem sucedido ali um pro­jeto da ONG Redes da Maré que oferece pré-vestibular e ensino médio. Veja que legal: 80% dos professores são ex-alunos. Ancelmo Gois , jornal OGlobo 24.04.11

Não é só boa, é uma grande notícia e mostra que nem tudo é Bolsa Família. Esperemos que essa moda se espalhe, mais rapidamente, em mais comunidades carentes por esse Brasil a fora, pois só existe uma saída para o país se libertar da miséria: a educação, o resto é esmola ou compra de voto.   

No ano passado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gastou com publicidade 70,3% a mais do que Fernando Henrique Cardoso em 2002 - informa reportagem publicada na edição desta terça-feira. folha.com 20.04.11

Mas se até o Papa sabe que “publicidade é a alma do negócio”. Nosso (seu) Fernando Henrique marcou bobeira e o resultado está aí para quem quiser ver e comparar. Fabio Campanha, em seu blog, informa: “O ex-presidente Lula tem recebido muito bem da iniciativa privada nos últimos dias. O cachê dele para participações em feiras, eventos e palestras é o mais caro do Brasil. Estima-se que a LG desembolsou R$ 200 mil pela palestra de Lula no lançamento de sua nova linha de produtos. Antes, Fernando Henrique Cardoso, recebia R$ 150 mil por suas palestras.” - http://www.fabiocampana.com.br

O treinamento para aeromoça e comissários exigido pela ANAC, exige que os candidatos ao posto matem galinhas e rastejem na lama. O curso obrigatório custa R$ 3.000,00. As informações são de reportagem de Cristina Moreno de Castro, publicada na edição desta terça-feira da Folha.

De acordo com o americano William Voss, especialista há 30 anos em segurança de vôo, a probabilidade de ocorrer um acidente aéreo é de 1 em 1 milhão - revista Veja, maio 2010. Menos mal, mas a possibilidade de sobreviventes nessa “uma” queda, infelizmente, não obedece a mesma regra, alias não tem regra nenhuma. Portanto eu me pergunto: a não ser que o avião cai em uma granja, pra que aprender a matar galinhas para se habilitar como comissário(a) de bordo? Porque não um peixe? Aonde arrumar uma galinha, se o avião cair no mar e alguém sobreviver? Gaivota não é galinha! Se é pra testar as reações - dos candidatos e não das galinhas, por favor - no contato com sangue, não seria melhor fazer estágio em algum pronto-socorro? Sinceramente não entendi e tenho certeza que a família gallus domesticus muito menos.   

segunda-feira, 25 de abril de 2011

"Mau exemplo, eu? Não. Muitos gabinetes liberaram todos os servidores. No meu caso, foi feito com critério" - JOSÉ SARNEY, rebatendo insinuações de que teria dado mau exemplo ao liberar um terço dos funcionários de seu gabinete do sistema de ponto eletrônico. Frases da Semana, jornal o Globo 17.04.11

Quero evitar o assunto política & políticos, para não parecer que o blog é reservado a criticar atos e atitudes dos nossos queridos parlamentares, mas os caras não dão tempo, é uma lambança atrás da outra. Até parece coisa de reality shows – em muitos casos até superam.

Três criminosos armados com pistolas assaltaram a funkeira Yani de Simone, conhecida como Mulher Filé, nesta segunda-feira (18). O roubo aconteceu no escritório de seu empresário, Eduardo Napo, na Penha Circular, Zona Norte do Rio. Segundo a mãe da funkeira, Cássia de Simone, os homens roubaram cerca de R$ 20 mil, além de celulares e pertences pessoais. G1 19.04.11

No preço que anda o quilo da carne essa mulher devia andar acompanhada de segurança armada, ainda mais se for esse filé mignon todo. Ela deu sorte por que só levaram objetos não perecíveis, a princípio, de fácil reposição.

A nova Campanha do Desarmamento incluirá igrejas e ONGs entre os locais de recolhimento de armas e reduzirá a burocracia na coleta, dispensando o detentor do armamento de se identificar. Essas são as principais novidades do recolhimento, que terá início no dia 6. Estadãonline19.04.11

Vixe! Fico imaginando, por exemplo, a Igreja da Candelária, no Rio de Janeiro, com revólveres e munição esparramados pelo pátio, pelo altar, aos pés dos santos, dentro do sacrário - misturados com as hóstias e o cálice sagrado - e todos os demais apetrechos necessários a santa missa. Coroinhas correndo de um lado ao outro, separando e classificando velhos 38, pistolas e mosquetões enferrujados, balas de todos os calibres e até facas de cozinha que alguém não queria mais. Vai ser de causar inveja a muita Cruzada, um verdadeiro PAN-demônio.    

São Paulo - Motoristas enfrentaram congestionamento durante todo o dia, para o interior e o litoral. Filas nas estradas chegaram a 77 km. Quem seguiu para o litoral sul também precisou de paciência. Pela manhã, a viagem até o Guarujá durava três horas. A lentidão na Imigrantes chegou a 30 km e na Anchieta, a 9 km. Na Régis Bittencourt (BR-116), os motoristas enfrentaram 21 km de congestionamento nas proximidades da Serra do Cafezal. Estadão.com.br 22.04.11

Vamos fazer conta? Para efeito de cálculo, consideremos um feriadão de quatro dias, como esse agora, que vai de 21 a 24.04. Segundo reportagem, divulgada pelo jornal Nacional, ontem (23), um trecho - não importa qual - que poderia ser percorrido em pouco menos de 2hs pode levar até 4hs. Portanto só pra ir e voltar são 8hs. Que se durma uma média de 7hs/noite, nestes quatro dias, são mais 28hs no total. Compute aí, mais umas 3hs perdidas por dia, com tarefas básicas, entre o acordar/deitar, – estando viajando ou não – como, por exemplo: escovar dente e demais necessidades fisiológicas, tomar banho, compras em supermercado, almoço/jantar etc, são mais 12hs no total. No final, somando tudo, são aproximadamente 48hs consumidas em atividades extra-lazer. Isto significa que restaram somente outras 48hs - das 96h totais referentes aos quatro dias de feriado. Num português mais claro: dos quatro dias de feriadão, sobram apenas dois pra você se esbaldar, os outros dois foram consumidos pelo processo. Estou falando de quantidades médias e “céu de brigadeiro” durante todo o tempo, não computando eventuais acidentes que possam interditar estradas, as estradas por si mesmas, chuvas, percalços com genros, cunhados, sogras e namorados das filhas. Valeu a pena? Deve valer senão ninguém ia encarar uma prova dessas ou então o povo perdeu a noção do que vem a ser lazer. 


Na sexta feira, 22 de abril, portanto faltando ainda dois dias para comer o coelho – Ops! - para comer os ovos da Páscoa, e que alguns ainda nem compraram, as Casas Bahia já anunciavam, pela TV, as vendas para o Dias das Mães. Se continuar neste ritmo ainda vamos comemorar o Natal antes do Dia dos Pais. C.Dantas

sábado, 23 de abril de 2011


O lançamento mundial de um medicamento produzido à base de maconha pela farmacêutica britânica GW Pharma, reacendeu as discussões entre os especialistas brasileiros sobre o uso medicinal da droga no País. Por aqui, o princípio ativo do remédio, usado para aliviar a dor de pacientes com esclerose múltipla, não é permitido. O Brasil é signatário de tratados diversos que consideram a substância ilícita, o que dificulta inclusive o desenvolvimento de pesquisas científicas sobre as propriedades terapêuticas da planta e suas reações no cérebro. Pesquisadores ouvidos pelo JT comparam a importância do estudo da cannabis sativa com a relevância do ópio para o desenvolvimento da morfina – medicamento essencial para o tratamento da dor aguda. E reforçam o argumento de que a possibilidade de uso medicinal não é sinônimo de liberação ou legalização da droga. “O medicamento tem estudo clínico, existem proporções corretas das substâncias usadas, imprescindíveis ao seu funcionamento”, defende Hercílio Pereira de Oliveira Júnior, médico psiquiatra do Programa Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas, da USP. estadãonline 18.04.11

Mas o líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira, é mais radical: [...] Paulo defende a liberação do plantio de maconha e a criação de cooperativas formadas por usuários. Num recente debate sobre o assunto, o deputado disse que a política de "cerco" às drogas é "perversa" e gera mais violência. [...] O líder do PT disse que: “...se comer sanduíches do McDonald's, talvez o maior crime, não é proibido, o governo não poderia impedir também o plantio de maconha”. [...] "Cabe ao Estado dizer que faz mal à saúde. Não existe crime de auto-lesão. Se eu quero, eu posso usar, tenho direitos como usuário. E isso o Estado não pode te negarconforme publicação da folha.com 18.04.11

É complicado fazer alguma coisa séria neste país, pois se por um lado a legislação entrava as pesquisas de cunho científico, por outro tem maluco querendo vender hamburger de maconha em rede nacional - e é líder de um partido político na Câmara. “O Brasil não é um país sério” – frase atribuída a Charles de Gaulle, embora alguns afirmem que ele nunca disse isso, mas não importa se foi De Gaulle, Madonna, Chico Anísio, Sandy&Júnior ou Ana Bolena, a verdade é: -Não é sério!

O brasileiro reclama de barriga cheia de sua Câmara dos Deputados. A da Itália acaba de aprovar lei que pode livrar Silvio Berlusconi do banco dos réus em metade dos escândalos em julgamento envolvendo o primeiro-ministro. Tuttyvasquez estadãonline 18.04.11

Eu já havia proposto a troca do primeiro-ministro pelo o terrorista Cesare Battisti, preso no Brasil – veja blog de 07.04.11 – mas ninguém me leva a sério. Não tem aquele mote que diz, “isso é a cara de fulano” ou “fulano me lembra muito isso”, é o caso do Berluscone, ele é a cara do Congresso Brasileiro, é caso de amor a primeira vista.

Há dois meses, o motorista Ricardo José Neis, de 47 anos, atropelou um grupo de ciclistas em Porto Alegre e deixou 17 feridos. Em entrevista ao Fantástico, ele tentou explicar o motivo de seus atos. “Eu nunca tive a intenção de provocar a morte dessas pessoas. Eu nem conhecia eles, não teria nenhuma razão para matá-los”, afirmou. “Eu só pensei que, se eu parasse, eu seria linchado. Minha única alternativa era sair dali”, disse. Orientado pelos dois advogados, [...] “Naquele momento, naquela situação, eu estava sendo agredido, eu entrei em pânico”, afirmou G1 18.04.11

O que não faz um bom advogado, mais um pouco eles vão processar os 17 ciclistas por falso testemunho,   perturbação da ordem pública e coação moral. 

sexta-feira, 22 de abril de 2011

O STJ decidiu que, em caso de suicídio nos dois primeiros anos de contrato de um seguro de vi­da a seguradora só estará isenta do pagamento se comprovar que o ato foi premeditado. Segundo a tese vencedora, do ministro Luiz Felipe Salo­mão, "o novo Código Civil pre­sume a boa-fé, e a má-fé é que deve ser comprovada, ônus que cabe à seguradora". No caso em julgamento no STJ, o segurado tinha menos de dois anos de contrato. A seguradora não provou que o suicídio fora premeditado antes da contratação do seguro e teve de indenizar a família. Ancelmo Gois – jornal O Globo 17.04.11

Então cara se suicidou de boa fé? Deliro eu, o ministro ou suicida? 


A polêmica econômica não é do Mantega nem do Palocci. É da Dilma. Não podemos esquecer que a presidente é economista" — Luiz Sérgio, ministro - jornal O Globo 17.04.11

Acho que o nobre ministro queria dizer o seguinte: Quem traça a política econômica é a presidente Dilma e PONTO FINAL - ser economista não garante coisíssima nenhuma. O Plano Real foi criado na época do presidente Itamar Franco, engenheiro, implantado através de Medida Provisória e elaborado pela equipe econômica do Ministro da Fazenda que na época era Fernando Henrique Cardoso, sociólogo. Dizem que homem ciumento é pior que mulher com TPM - ministro então... 

A infraestrutura brasileira está perto do colapso. Falta tudo, inclusive o básico, o simples. As ope­radoras de celular prestam serviço cada vez pior. Os aeroportos entupidos e o descaso das com­panhias irritam brasileiros e desorientam os es­trangeiros. O trânsito nas cidades é indescritível. Portos não funcionam. O governo investe errado. Basta sair de casa para ver. Miriam Leitão para jornal O Globo 17.04.11

Quase que num desabafo pessoal Miriam Leitão resume o caos em que nos encontramos. Lembra a história do cachorro que ladra e corre atrás de todos os carros que passam, mas se um carro parar ele não sabe bem o que fazer.   

Em entrevista ao programa "Começando o Dia", que estréia na rádio Cultura FM, na segunda-feira, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) desafia o petista Luiz Inácio Lula da Silva a disputar uma eleição contra ele, [...]."Ele se esquece que eu o derrotei duas vezes. Quem sabe ele queira uma terceira. Eu topo.". de Mônica Bergamo, publicada na edição deste sábado (17) na Folha

Parece parte do enredo no filme “Antes de Partir”, onde dois velhinhos (Jack Nicholson e Morgan Freeman), sofrendo de doenças já em fase terminal, propõem uma lista de desejos a realizar antes de morrer. Quem viu o filme sabe o que estou falando. 

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Ops! Erro nosso. Na postagem de hoje, sobre a notícia do habeas corpus negado ao chimpanzé Jimmy, houve duplicidade na postagem da notícia. Sabe como é feriadão, o pessoal da revisão nem apareceu pra trabalhar, mas como dizia um amigo meu nos bons tempos de SERPRO, quando alguém fazia uma lambança: cabeças vão rolar. Um bom feriadão pra todos.
Um neozelandês que sofria de depressão amputou o próprio dedo, o cozinhou com verduras e depois o comeu no jantar, informou neste sábado a imprensa local, que cita um estudo psiquiátrico. O caso do homem de 28 anos, cujas ações não foram impulsionadas pelo consumo de drogas nem de álcool, é um dos oito sobre canibalismo de partes do próprio corpo, [...] indica o relatório realizado pelo psiquiatra E. Monasterio e pelo psicólogo C. Prince. Folha.com 16.04.11

É muita depressão acumulada. Já pensou se aquelas pessoas, presas nos engarrafamentos quilométricos na Baixada Santista em dia de feriado prolongado, surtassem assim? Quem iria terminar a viagem dirigindo o carro?  Não ia chegar ninguém inteiro. Agora eu entendo o sentido da expressão “Hoje o dia foi difícil, estou um caco”. Morbidez a parte, as humanas criaturas surpreendem cada dia mais, com a diversidade das suas realidades, que chega até a confundir a nossa, ou a minha. As vezes eu me pergunto: -será que estamos todos no mesmo plano real? Eu mesmo me dou ao trabalho de responder, porque ninguém vai me responder mesmo: - Acredito que não.
Se nos dias próximos, os textos desse blog começarem a ser postados faltando letras, por favor, me alertem, pois devo estar comendo as teclas do micro.

Para magistrados e servidores do Judiciário em sete Estados e no Distrito Federal, o feriadão de Tiradentes e Páscoa começa um dia antes. [...] Os cartórios judiciais estão fechados, e os prazos processuais, suspensos. Apenas os casos de urgência, como julgamentos de habeas corpus, serão atendidos por juízes de plantão. Nesses Estados, o recesso de Páscoa começa sempre na quarta-feira. Também não funcionam hoje o STF (Supremo Tribunal Federal), o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o STJ (Superior Tribunal de Justiça) e a Justiça Federal, amparados em lei de 1966. Para Ophir Cavalcante Júnior, presidente da OAB, a medida não se justifica. Folha.com 20.04.11

Que a medida não se justifica, todos os trabalhadores brasileiros sabem bem disso, mas como questioná-la? Em verdade é o seguinte, existem: Brazil, Brasil e brasil - então pra conhecer seus direitos e deveres, é necessário saber em qual deles você vive, isto é, em que “casta” – Ops! Erro nosso – em que “classe de cidadão” você se enquadra.

SÃO PAULO - Em uma atividade de fisioterapia no gramado do CT do Parque Ecológico, no Corinthians, na tarde desta terça-feira, o atacante Adriano sofreu uma ruptura total do tendão de Aquiles da perna esquerda. Ele passará por uma cirurgia já nesta quarta-feira e deverá ficar afastado de qualquer atividade com bola por no mínimo cinco meses. Estadãonline 20.04.11

E era pra ser uma atividade fisioterápica, já pensou se fosse a vera? E como fica agora, pois está previsto no contrato do jogador com o time, uns míseros R$ 300 mil mensais fixos, em regime de CLT (carteira assinada), mas a renda do atacante, porém, pode chegar a até R$ 500 mil por mês, com a exploração de sua imagem pelo departamento de marketing, segundo a Folha.com. Nos próximos seis meses, o salário do imperador, vai depender do que o departamento de marketing, do Corinthians, entende por “imagem”. Alias, é bom lembrar, que é o primeiro Imperador, em toda a história das humanas criaturas, que tem salário e carteira assinada.

SÃO PAULO - O chimpanzé Jimmy não conseguiu habeas corpus em seu favor. A sessão da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio decidiu por unanimidade nesta terça-feira, 19, que o habeas corpus é cabível apenas para seres humanos. Uma ação de organizações não-governamentais (ONGs) e entidades protetoras de animais [...] pediu a transferência do chimpanzé para um santuário de primatas em São Paulo. A ação pedia mais espaço para Jimmy e companhia de sua espécie. Segundo o grupo em prol do chimpanzé, Jimmy estaria vivendo isolado há anos em uma pequena jaula no zoológico de Niterói. estadãonline 20.04.11

SÃO PAULO - O chimpanzé Jimmy não conseguiu habeas corpus em seu favor. A sessão da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio decidiu por unanimidade nesta terça-feira, 19, que o habeas corpus é cabível apenas para seres humanos. Uma ação de organizações não-governamentais (ONGs) e entidades protetoras de animais [...] pediu a transferência do chimpanzé para um santuário de primatas em São Paulo. A ação pedia mais espaço para Jimmy e companhia de sua espécie. Segundo o grupo em prol do chimpanzé, Jimmy estaria vivendo isolado há anos em uma pequena jaula no zoológico de Niterói. estadãonline 20.04.11

Vê como são as coisas: tanto criminoso solto por aí - alguns até na continuidade de seus atos criminosos - em função das garantias de um habeas corpus e o Jimmy, encarcerado em uma jaula de um zoológico, só quer ir embora pra junto dos seus e aguardar sua aposentadoria em paz - em paz e bem longe das humanas criaturas. Mas o Jimmy está preso em função... ops! desculpem, mas a nota não fala qual foi o crime pelo qual o chimpanzé foi condenado e permanece preso. Deixa pra lá, deve ser coisa de macaco e a justiça dos homens, com certeza, sabe muito bem como agir nestes casos, né mesmo?           

quarta-feira, 20 de abril de 2011

A FAA é a Anac americana, responsável pela aviação civil – aceitou a demissão nesta quinta-feira (15) do responsável por controladores flagrados dormindo na hora do serviço. [...] Às duas da manhã da última quarta-feira, um avião-ambulância tentou durante 16 minutos falar com a torre do aeroporto de Reno, em Nevada, querendo instruções para aterrissar. O controlador estava dormindo. Tenso, o piloto pediu ajuda a outro controle do estado da Califórnia. G1 15.04.11

O homem certo dormindo em hora errada, mas será que só tinha um cara nesse controle de tráfico? E o pior, - viva o Google - segundo informação do site, o aeroporto Internacional de Reno é um dos maiores do estado de Nevada, que serve a área metropolitana de Reno. Ao redor de 3.8 milhões de passageiros transitaram pelo complexo em 2009. Para fazer uma comparação aproximada, no Aeroporto Internacional de Natal, em 2010, circularam em torno de 4 milhões de pessoas e espero que por lá tenha pelo menos mais de um controlador em serviço, pro outro poder pelo menos ir ao banheiro e nós, os passageiros, dormirmos em paz.

O governo pretende fixar no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2012, que será enviado hoje ao Congresso, regras mais flexíveis para a realização das obras da Copa do Mundo e das Olimpíadas no país. A IDO, [...], deve dar tratamento especial a obras ligadas aos dois eventos — como aero­portos, estradas e metrôs — para que tenham mais agilidade e trâmites mais curtos. jornal o Globo 15.04

E a festa continua, conforme informa o Estadão em 16.04.11: Prêmio para quem apressar obra. Estratégia do governo para acelerar licitações de aeroportos será MP com novas regras e bônus para empreiteiras que trabalham rápido.

Já viu né, com rédea curta a coisa já descamba pro descontrole total, imagina com a tal das “regras mais flexíveis” e ainda mais com a promessa de um bônus. Pra que fazer cronograma então, pois se quem acabar o serviço primeiro, ganha um prêmio. E o que, ou de que, consistirá esse prêmio? Surpresaaaa!
Sei não, mas parece conchavo de comadre: -Prestenção e faz seguinte, cê chega um pouco trasado, pra mode que a gente possa espichar a duração da festança e depois a gente te dá um agradim. Assim fica bão pro cê, bem? 


STF reduz indenização por morte: O Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu o valor da indenização a ser paga aos pais de um menino morto por leões de um circo montado no estacionamento do Shopping Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, em 2000. A condenação estava fixada em R$ 1 milhão, mas a 4ª. Turma do STJ fixou a indenização no valor de R$ 275 mil, por danos morais e materiais. jornal o Globo 15.04

E a notícia acaba aí, deixando a gente sem saber que critério foi usado na redução da indenização. Por que eram leões de circo? Porque eram leões estacionados em um shopping? Porque o pessoal da 4ª. Turma é chegada num leão? Porque o dono do circo tentou subornar os leões? Deixa pra lá, né.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Baixo clero da Câmara atua para evitar cassação de Jaqueline Roriz. [...] Numa ação embalada pelo discurso corporativista, o grupo pró-Jaqueline tem dois argumentos debaixo do braço. Se ela for cassada por um ato ocorrido antes de ser eleita deputada federal (o vídeo da propina foi gravado em 2006, quando Jaqueline era deputada distrital no DF), um precedente será aberto para que outros parlamentares sejam punidos por irregularidades do passado. Ou seja, livrar Jaqueline seria salvar a própria pele no futuro. O segundo argumento é o de que a prática de caixa dois de campanha, usada na defesa da deputada para explicar o dinheiro, é algo comum entre os políticos. estadãonline 14.04.11

De Dora Kramer - O Estado de S.Paulo 16.04.11: “...como a defesa da acusada alega que o dinheiro era destinado a financiamento de campanha e o uso de caixa 2 é prática geral e corriqueira, nenhuma razão haveria para punir alguém que fez o que todo mundo faz. O mais grave nem é o cinismo. É a enorme chance de que esse tipo de argumentação acintosamente infratora acabe mesmo prevalecendo e a deputada Jaqueline Roriz não apenas continue na posse de seu mandato como ainda saia da história como vítima do sistema.

A Máfia é uma organização criminosa cujas atividades estão submetidas a uma direção colegial oculta e que repousa numa estratégia de infiltração da sociedade civil e das instituições. [...]. Em meados dos anos 80, a Máfia atuava até mesmo na esfera pública italiana. Empresários, políticos de diversos cargos e achacadores compunham um sistema sólido, ao qual resistir implicava sérios riscos. Mas a sociedade italiana não se deixaria dominar pelo crime organizado por tanto tempo. Os sistemas Penal e Judiciário foram modificados e dotados de instrumentos mais duros de combate ao crime organizado. Durante a Operação "Mãos Limpas", centenas de mafiosos foram presos, levados a julgamento e condenados. Até mesmo o primeiro-ministro Giulio Andreotti foi acusado de envolvimento com mafiosos [...] Embora ela não desaparecesse por completo, perdeu muito [...]. Seu declínio é uma prova categórica da teoria defendida por muitos – a de que o crime organizado só é neutralizado mediante enérgicas ações do Estado e da sociedade. Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki

Ops! Erro nosso - o texto acima, sobre a Máfia, não era para entra aqui, pois não tem nada a ver com o caso da Roriz, né mesmo? Mas já que tá, deixa ficar, pois informação nunca é demais. Fica o registro, quem sabe um dia a gente precise dele. 


O plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira (13) o projeto de lei que autoriza a criação da Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade, que vai oferecer garantia para financiamento de até R$ 20 bilhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao consórcio que construirá o trem-bala. O projeto foi aprovado com 44 votos favoráveis e 17 contrários. A linha vai ligar São Paulo ao Rio de Janeiro, com uma parada em Campinas (SP), num percurso total de 511 quilômetros. G1 14.04.11

Assim, assim, a preço de hoje, cada quilômetro vai custar algo em torno de 391,4 milhões de Reais. Para um país rico como o nosso tudo bem, até porque a obra é de grande interesse social, pois vai permitir escoar com mais rapidez o dinheiro público ralo abaixo. Mas como sabemos isso não importa muito, pois não temos grandes problemas sociais. A área da Saúde está bem aparelhada e os hospitais têm atendimentos de primeira - de 1ª Instância, 2ª Instância, Juizados Especiais, Tribunal de Alçada Cível, Tribunal de Alçada Criminal, depende de onde você abrir o processo, é bem diversificado; o mesmo cenário acontece com a Educação - embora os últimos números divulgados pela Unesco apontem que o Brasil ficou 88º lugar no ranking mundial de educação, não devemos levar isso ao pé da letra, até porque pela posição alcançada neste ranking muita gente nem sabe mesmo o que é “letra” e no mais, essa tal de Unesco deve ser coisa de comunista. A Segurança, cada dia mais segura, como demonstra o bum do mercado de Seguros, principalmente no seguimento de Seguros de Vida. As únicas coisas que podem turvar, um pouco, estas águas plácidas seriam: o comportamento do Adriano, num contexto geral das Comunidades e o desempenho do Ronaldinho Gaúcho no contexto do Flamengo, no mais, o brasileiro está tranqüilo, que nem pinto no lixo. Que venha o trem-bala e espero que não seja das “perdidas”.       

O presidente do (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, criticou o alto número de partidos no Brasil e disse que boa parte deles não tem sequer ideologia própria. [...] A declaração do ministro foi feita ontem, em uma audiência na Câmara para discutir a reforma política: “Hoje temos um número ex­cessivo de partidos políticos. Is­so dificulta a governabilidade. Muitos (partidos) têm vida ape­nas na época eleitoral [...] Há partidos históricos e ideológicos, mas há outros que deveriam refletir sobre suas existências” - afirmou.  jornal o Globo 15.04

O problema está no “refletir sobre suas existências”, coisa que nem os históricos e ideológicos fazem mais – se é que já o fizeram algum dia.