*Não fosse o amanhã, que dia agitado seria o hoje!

quarta-feira, 31 de outubro de 2012


Ops! Erro Nosso – A postagem anterior não é um SPAM! Ou muito menos uma mensagem alienígena. Simplesmente dois blogs estavam, simultaneamente, abertos e a postagem do texto, “A Grande Síntese – Interregno”, que era para outro blog, foi erroneamente postada no Q&M.

Os blogs já foram devidamente acertados, mas como o envio de emails é automático, não dá pra desfazer o mal feito. Mas, e ainda bem, não tenho nenhum blog pornográfico, né mesmo!

O responsável já se encontra no pau-de-arara - embora “genuinamente” negue seu erro... pede desculpas pela nossa falha! 


Uma mulher encontrou um sapo vivo em uma embalagem de salada que havia comprado em um supermercado da rede Walmart em Minneola, no estado da Flórida (EUA). A mulher filmou o animal dentro da embalagem ainda fechada e enviou o vídeo para a emissora "WFTV". Ela disse que comprou a salada no dia 18 de outubro, mas só notou o anfíbio alguns dias depois enquanto organizava a gaveta na geladeira. A embalagem foi recolhida por agentes da Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, siglas em inglês). O órgão vai investigar o caso.

Engraçado se não fosse trágico, pois até o momento nenhuma entidade protetora de “alguma coisa sei lá o que”, se pronunciou em defesa do anfíbio, que ficou este tempo todo preso dentro de uma embalagem, comendo salada orgânica e exposto a baixas temperaturas. Segundo informações recentes, interrogado pelos agentes da FDA, sobre quem seria o responsável pelo mal feito, ele fez a linha Genoino, e disse que “nunca entregou ninguém na vida, nem no pau-de-arara, portanto não seria agora que isso iria acontecer”. Grande sapo! Sapo guerreiro.

Ria Cooper
No último ano, Ria Cooper fez um prolongado tratamento com injeções de hormônio para mudar de menino para menina. Nascido Brad, a(o) adolescente de 18 anos desenvolveu seios, passou a usar roupas femininas, mudou o cabelo e chegou a sair com vários meninos. A mudança física e o acompanhamento psicológico foram financiados pelo sistema de saúde público. 

Apesar de, aparentemente, ter gostado do resultado, Ria resolveu dar um novo giro de 180 graus. Sim, ela agora quer voltar a ser menino! "A vida realmente chegou no limite para mim recentemente. Os hormônios me fizeram sentir para cima e para baixo. Num instante estou deprimida, no outro estou feliz", contou Ria, que mora em Hull(Inglaterra), ao "Daily Mirror". Agora, Ria está sonhando com uma carreira no Exército. globo.com/blogs/pagenotfound/

Xiii! Sei não, segundo reza a lenda esse é um caminho sem volta.

A Petrobrás avisou seus controladores que começará a cortar projetos bilionários se não houver reajuste de combustíveis nos próximos meses, [...] A presidente da companhia, Maria das Graças Foster, apresentou ao ministro da Fazenda, [...], Guido Mantega, uma lista extensa de projetos que podem precisar ser suprimidos por falta de caixa. [...] Segundo as fontes, Mantega manteve a indicação de que haverá aumento, mas a data e o porcentual estão em aberto e dependem de uma complexa conjuntura inflacionária, em avaliação pelo governo. Não está confirmado ou descartado aumento ainda neste ano. Estadão.com.br

Vem aí o presentinho de fim de ano da turma da Fazenda... 


Cerca de dois mil convites estão sendo distribuídos país afora e no exterior para a posse do ministro Joaquim Barbosa, dia 22 de novembro, às 16h, na presidência do STF. Chama a atenção o número de convidados estrangeiros, especialmente da França e dos Estados Unidos. Somados, os convidados dos dois países são mais de 60 intelectuais. oglobo.globo.com/blogs/ilimar/

O cara merece. Se fosse convidado, iria - com muita satisfação - dar um grande abraço no Super-Negão.



terça-feira, 30 de outubro de 2012


Pressionado por não conseguir bons furos, desiludido com os colegas de trabalho e enfrentando conturbada vida amorosa, Clark Kent, vulgo Super-Homem, vai pedir demissão do Planeta Diário, jornal onde trabalha desde os primórdios do HQ, na década de 40. Na edição de número 13 que chega amanhã (24/10) às bancas dos Estados Unidos, Kent vai dizer para toda a equipe do jornal que está decepcionado com os rumos tomados pelo jornalismo que, segundo ele, está virando puro entretenimento. O discurso, na verdade, é apenas para encobrir o cansaço de ter de ficar despistando o tempo todo seu rígido editor Perry White. epocanegocios.globo.com/

Efeitos da 68ª Assembleia Geral da Sociedade Interamericana de Imprensa, que se reuniu em São Paulo há dias atrás? Ainda não sabemos? Nossa reportagem tentou falar com o Clark, mas até o fechamento desta postagem não recebemos nenhum retorno. Mas fica aí registrado o exemplo para aqueles que querem manipular a mídia – nem todo mundo vai se dobrar! E, oh! o cara é o Super-Homem. 

A tese agora majoritária no STF considerando desnecessário o uso de armas na formação de quadrilhas abriu nova crise no crime organizado. “Vai acabar virando bagunça!” – comenta-se nos presídios de segurança máxima! Tutty vasques

No meio do caminho do crime organizado tinha um crime profissional; tinha uma rocha no meio da pedra do crime organizado...  Colagem sobre a poesia “No meio do caminho” de Drummond.




O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, líder da Comissão Global de Políticas sobre Drogas, defende o uso da maconha para fins medicinais, desde que governos adotem políticas de regulação e os efeitos científicos sejam comprovados. As informações estão na entrevista concedida por FHC ao jornal O Estado de S. Paulo. Nesta semana, ele levou o debate pela primeira vez ao Leste Europeu e apontou para a crise que a região enfrenta”. Mas a realidade é bem outra, pelo menos é o que sugere o Tutty Vasques na sua coluna do Estadão: FHC teve bons motivos para passar a semana no Leste Europeu defendendo o uso da maconha para fins medicinais. A outra opção seria ficar em São Paulo fazendo campanha para o Serra!

Você tem dificuldade na hora de comprar uma melancia? Um aplicativo desenvolvido pela empresa Let There Be Light promete ajudar a encontrar a melancia pronta para consumo por meio do som produzido ao dar pequenos socos na fruta. O app Melon Meter custa US$ 1,99 na Apple Store. Ao instalar o aplicativo, o usuário precisa selecionar o tamanho da melancia a ser avaliada. Feito isso, o próximo passo é posicionar o iPhone no meio da fruta com o microfone próximo, acionar um botão e dar uns soquinhos. O aplicativo vai avaliar se a fruta está pronta para consumo. Estadão.com.br

Já baixei o meu. Versão 1.0. Mas tem falhas. Por exemplo: ao baixar o app “Melon Meter”, a melancia não veio junta. É uma falha grosseira e espero, que na versão 2.0, isso seja superado.



segunda-feira, 29 de outubro de 2012


BELO HORIZONTE - O juiz mineiro Geraldo Claret, tomou uma decisão polêmica com base no julgamento do Mensalão que coloca em xeque a constitucionalidade da reforma da Previdência e abre precedente para uma série de ações. Ele determinou, em primeira instância, que uma viúva do interior de Minas receba o valor integral da pensão que o marido recebia quando estava vivo, de R$ 4.801. O valor atualmente pago pelo Instituto de Previdência dos Servidores de Minas Gerais (Ipsemg) à mulher foi reduzido para R$ 2.575,71 com a entrada em vigor da Emenda 41, em 2003 [...].

Em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo, o juiz Claret disse que o próprio STF já havia afirmado que a Emenda 41 foi aprovada "sob influência da compra de votos", e que o relator Joaquim Barbosa faz "relação clara da votação com a entrega de dinheiro". "Esta reforma está maculada definitivamente pela compra de votos, não representou a vontade popular. Ela padece do vício do decoro parlamentar", reitera o juiz.

Ele se disse surpreso com a repercussão de sua decisão, que considera taxativamente de inconstitucional, a Reforma da Previdência. "Essa reforma foi a mais violenta de todas na expropriação de direitos. Ela viola a cláusula pétrea da Constituição do direito adquirido. A pensão não é uma benesse, é o ressarcimento do que o cidadão pagou a vida inteira. Não pode o governo chegar no meio do jogo e mudar a regra, dizendo que ele vai receber a metade", justifica o juiz Claret. Ele cita Maquiavel para condenar o argumento oficial de que a Previdência está falida: "Esse é um argumento da Idade Média. Quer dizer que, quando o interesse do príncipe for maior que o interesse do povo, prevalece o interesse do príncipe? Então querem tomar R$ 2 mil da viúva lá do interior para salvar a sétima economia do mundo?". E recorre a Padre Vieira para dizer que está com a consciência tranquila de que tomou a decisão certa. "O pior dos pecados é a omissão".  Aline Reskalla - Agência Estado

Vixe! Isso vai dá panos pra manga... mas manga fruta, aquela bem grande, chamada de coração de boi. e minha vó, Da. Elizabeth, a primeira e única - pelo menos por parte de mãe – já dizia: “Meu filho, cuidado com Manga com Maquievel, pois pode matar”.

SÃO PAULO - A ministra da Cultura, Marta Suplicy, reconheceu neste domingo que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acertou ao escolher Fernando Haddad como candidato a prefeito de São Paulo nestas eleições. Marta, que desistiu da candidatura depois de pedidos pessoais feitos por Lula e pela presidente Dilma Rousseff, afirmou que Lula tem "uma enorme intuição política" e que conseguiu tirar o PT de uma situação "extremamente difícil" e "quase impossível eleitoralmente", sem citar explicitamente o julgamento do mensalão. oglobo.globo.com/pais/

Esse arroubo de fidelidade da companheira custou um ministério ao governo Dilma. Um ministério que tem um orçamento aprovado de quase R$ 3 bilhões (exatos R$ 2.999.909.246), podendo captar mais 2 bi pela lei de insentivos. Agora cá pra nós, quem será que faz esses cálculos? Porque o cri-cri, por míseros 90.754, não arredondou logo essa conta? Parece liquidação de saldo de estoque de produto com data vencida.   

Quando James Edwin White foi revistado por um policial em rua de Charlotte (Flórida, EUA) e flagrado com nove comprimidos da droga Oxycodone (capaz de provocar intensa euforia, como aquela causada por morfina ou heroína) no bolso da calça jeans, ele reagiu:  "Ei, calma aí, esta calça não é minha!". Não colou. Até a delegacia, James foi repetindo a história de que a calça pertence a um tio e que ele não tinha conhecimento do que havia nos bolsos, contou o "Sun Sentinel". globo.com/blogs/pagenotfoun

Alguém, que não lembro o nome, disse que “Qualquer noção de realidade não seria, inescapavelmente, relativa, até mesmo arbitrária?” Se você já assistiu a série “Fringe”, conhece bem isso. A turma tem que dar um crédito ao James, de repente o cara é um físico teórico, tentando comprovar algum experimento quântico. Cê sabe, esses cientistas, as vezes, tem comportamentos meio, digamos... fora da realidade.  

sexta-feira, 26 de outubro de 2012


Recebi do meu amigo Sergio Chear, a matéria abaixo. Não sei a autoria, mas dá pra pensar. Será uma tendência?

A título apenas de reparar uma estranha omissão na divulgação dos resultados das eleições no primeiro turno, por parte da midia, disponibilizo o resultado final, completo, do pleito, para Fortaleza:
1º colocado:  Abstenções, votos nulos e em branco - 361.211 votos 
2º colocado:  Elmano - 318.262 votos 
3º colocado:  Roberto Claudio - 291.740 votos 

Este mesmo tipo de resultado ocorreu, por exemplo, em Sao Paulo: 
1º colocado:  Abstenções, votos nulos e em branco - 2.490.513 votos 
2º colocado:  José Serra - 1.884.849 votos 
3º colocado:  Fernando Haddad - 1.776.317 votos 

Isto aconteceu da mesma forma em Salvador, e de forma semelhante (Abstenções, votos nulos e em branco em segundo lugar) em quase todas as capitais do Brasil, o que sugere uma crise do sistema político como um todo: uma parcela ponderável dos brasileiros está tendo seus direitos políticos cassados por falta de um sistema partidário que dê efetivamente conta do que a representação política deveria refletir. Sugiro a leitura do artigo do sociólogo José de Souza Martins, professor da USP.

“O voto em branco é um voto cidadão e é por isso voto válido. O eleitor cumpre seu dever, mas nega seu voto aos candidatos disponíveis. O voto nulo já é mais complicado e nem por isso deixa de ser legítima manifestação do eleitor, ainda que deplorável porque expressa uma vontade política que não se materializa em nenhuma mensagem compreensível.” José de Souza Martins

Leia o artigo de José de Souza Martins, na integra, em:

Os donos do restaurante francês Ananas, em Sydney (Austrália), foram obrigados pela Justiça a retirar dos seus banheiros, mictório em forma de carnuda boca feminina. Os mictórios foram criados por uma mulher, a holandesa Meike van Schijnde, mas, mesmo assim, não houve perdão. Para muitos, os mictórios não passam de uma brincadeira. Para os críticos, mais uma manifestação machista. "A misoginia está disseminada, e esse é um exemplo de misoginia", disse a feminista Anne Summers, de acordo com o "Sun". Você acha que o mundo está politicamente correto demais?  oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound

Minha vó, Da. Elizabeth a primeira e única - pelo menos por parte de mãe - afirmava: Meu filho, não confunda o mapa com o território, pois um dia você pode rolar despenhadeiro a baixo. Esse patrulhamento, em cima dos “mapas”, um dia, irá arremessar seus seguidores ladeira a baixo. A própria expressão é ambígua, pois o que é político, não será correto – e, claro, a recíproca é verdadeira. É a primeira expressão “bipolar” da língua portuguesa. Freud, com certeza, não explicaria. 

LONDRES — “Algum dia serei capaz de encontrar um sentido para tudo isso”, reflete Pippa Middleton em seu primeiro livro, que será publicado no fim de outubro. A cunhada do príncipe William acaba de escrever “Festas: um ano de celebrações britânicas para famílias e amigos”. E embora pareça pelo título, o livro não trata das memórias de uma jovem recém-lançada à fama, mas de um guia para planejar festas, baseado em sua experiência na empresa familiar Party Pieces - onde também trabalhava sua irmã antes de se tornar a duquesa de Cambridge e futura rainha da Inglaterra. “É assombroso ser famosa por sua irmã, seu cunhado e sua bunda”, diz em um dos trechos. [...]. oglobo.globo.com/mundo

Elizabeth - a rainha mãe e não minha vó por parte de mãe - anda intrigando e instigando a Casa Real pra dar um basta nesse, digamos, plebeus infiltrados na coroa, mais conhecidos por aqui como a nova classe “C”. Pippa, que já trás no nome uma herança maldita, com certeza iria se dar muito bem em terra brasilis e, quem sabe, encontrasse o verdadeiro sentido pra sua pipa ops! “pra tudo isso”. Em pouco tempo, provavelmente, teria sua própria barraca armada no sortido Verdurão das mulheres melancias, morangos, jacas e tantas outras. Seria a primeira mulher-pipa. Duvido que ela voltasse para aquele reino onde lá é a irmão da duquesa, pois aqui, seria amiga do rei. Uma Pagu monárquica, mas nem por isso menos anárquica, pra planejar as festas que quisesse no ritmo e tempo que desejasse, fazendo a corte na Corte mais adequada a sua pipa plebeia. E porque hoje é sexta, um bônus deste blog em homenagem a Pippa e a você que aturou esse papo a semana inteira, o que, convenhamos, não tem pipa que aguente:

Mexo, remexo na inquisição
Só quem já morreu na fogueira
Sabe o que é ser carvão...
Não sou freira, nem sou puta...
Sou rainha do meu tanque
Sou Pagu indignada no palanque
...
Nem toda feiticeira é corcunda,
Nem toda brasileira é bunda,
Meu peito não é de silicone
Sou mais macho que muito homem!
Trechos da música “Pagu” de Rita Lee e Zélia Duncan 



“Joaquim Barbosa pediu “desculpas” a Lewandowski pela forma com que discutiu com o colega - foi o primeiro pedido de desculpas após diversos embates. “Eu me excedi há pouco quando rebati de maneira exacerbada o ministro Ricardo Lewandowski, a quem eu peço desculpas pelo excesso.” Lewandowski disse que o pedido de desculpas de Barbosa revela “grandeza”. “Queria assinalar o gesto de grandeza de pedir desculpa e dizer que aceito-a prontamente. E dizer que nossas divergências não desbordam do plano estritamente técnico e jurídico.”... e assim, foram felizes para sempre e a paz voltou a reinar na Esplanada dos Ministério... pelo menos até a próxima sessão do STF. 



quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Maga Kirchner Patalógica

Em meio a crescentes pressões da Casa Rosada para impedir que consultorias independentes divulguem seus indicadores, principalmente o Índice de Preços ao Consumidor, o secretário de Comércio Interior [...] Guillermo Moreno, defendeu ontem os números do Indec (o IBGE argentino), deixando clara a decisão do governo de Cristina Kirchner de não modificar uma metodologia questionada pela maioria dos economistas locais e que pode levar o Fundo Monetário Internacional (FMI) a aplicar sanções ao país. [...].  Nesta sexta-feira, Moreno, [...], mostrou que a Casa Rosada está firme em sua posição: “A inflação é a que oficialmente mede o governo”. [...] Moreno, que também se destaca na equipe de Cristina na cruzada do governo contra meios de comunicação, [...] não gosta de falar com a imprensa, mas aceitou dar entrevista a uma revista do Partido Comunista, para reforçar a posição expressada recentemente pela presidente, em discurso na Assembleia Anual das Nações Unidas. Poucos dias antes, a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, ameaçara dar um “cartão vermelho” à Argentina caso não adote medidas para divulgar dados econômicos de “qualidade e integridade” até o fim do ano. Cristina rebateu: “meu país não é time de futebol”. Leia mais: oglobo.globo.com/economia/

Nós, brasileiros, já assistimos esse jogo ou melhor esse filme. É mágico, mas patológico.

O Globo, (domingo, 14), publicou: “Padres do Rio estão incomodados com o padre Solano, de ‘Avenida Brasil’, cúmplice de Carminha no desvio de dinheiro para uma ONG da igreja. ‘Estão nos ridicularizando’, diz Padre Omar, reitor do Cristo Redentor. ‘É um absurdo que não corresponde à realidade...’”. Comentei no Q&M, (postagem de 16 de outubro), que via nesse discurso, um açodamento desnecessário etc... Não deu outra, açodou geral:

“Fim da linha para o padre Sime Nimac. O religioso de 34 anos foi preso em um flat de Zagreb (Croácia) após desaparecer da sua paróquia com o equivalente a mais de 3,2 milhões de reais da venda de um terreno da igreja na cidade de Split.  Franciscano (!!!), padre Sime, [...], estaria tendo, segundo investigadores, uma vida de luxos e excessos aos lado de uma mulher casada. Parte do dinheiro foi gasto com carros, roupas e um iate, o Lucky Me. De acordo com a revista croata ‘Index’, o padre admitiu ter ficado com o dinheiro da venda do terreno, mas se negou a dizer o que fizera com a bolada”. globo.com/blogs/pagenotfound

É a vida copiando a arte, ou mais precisamente a novela. O João Emanuel Carneiro, autor de “Avenida Brasil”, deveria mover uma ação, contra o padre Sime, reivindicando indenização pela utilização indevida  de parte de sua obra. Como se diz pelos corredores do Vaticano: “Non vetera manum vetus sacerdotis in cucúrbita” ou no popular: “Padre velho...” - Ops! Erro nosso – “Macaco velho, não mete a mão em cumbuca”. 

Depois dos "apaguinhos" que atingiram Brasília na sexta-feira e no início do mês, o governo admitiu que o sistema que abastece a capital federal é pouco confiável e deverá passar por ajustes. Estadão

“Pouco confiável”, não qualifica somente o sistema elétrico que abastece a capital federal... mas aí é assunto pra outra prosa.



O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu a sessão nesta terça-feira, 23, à noite em meio a um confuso embate entre o relator, Joaquim Barbosa, e o revisor, Ricardo Lewandowski, sobre a pena a ser aplicada ao empresário Marcos Valério. G1

“O revisor [ministro Ricardo Lewandowski] barateia demais o crime de corrupção”.
Joaquim Barbosa, ministro do STF e relator do processo do mensalão – blog do Noblat



quarta-feira, 24 de outubro de 2012


Acemilton Gonçalves da Silva não precisa bater ponto, mas é um trabalhador pontual. Todo dia, por volta das 8 da manhã, dá início a sua exaustiva jornada de trabalho. Acemilton é jardineiro, mas, se preciso, quebra uma como encanador e eletricista. Ele detém uma das funções mais delicadas da República: manter a boa aparência dos célebres e exuberantes jardins da Casa da Dinda, residência da família Collor de Mello desde a década de 1960 e atual morada do senador Fernando Collor em Brasília. São jardins inesquecíveis – especialmente para os contribuintes. Durante o curto período de Collor na Presidência da República, entre 1990 e 1992, os jardins da Dinda receberam cascatas e lagos artificiais. A obra foi calculada na ocasião em cerca de US$ 2,5 milhões. [...] As fotos do local entraram para a história como um dos indícios de corrupção que, meses depois, derrubariam Collor. revistaepoca.globo.com/Brasil/noticia/

Fica a dúvida quanto a frase final da notícia: “... como um dos indícios de corrupção que, meses depois, derrubariam Collor”. Fala sério, desde quando Collor foi “derrubado”? Ele só perdeu o cargo - de Presidente do Brasil - pra voltar tempos depois, como Senador da República, que, cá pra nós, é bem mais tranquilo né mesmo? Aliás, voltou para usufruir das mesmas delícias paisagísticas na mansão que ocupava antes de ser “derrubado”.

Enquanto, que pelas aleias exuberantes desses jardins, a Caravana passa, o povo grama. Às vezes ladra... mas há quem duvide.  

Tá feia a coisa. A crise na Europa se alastra, respinga nos continentes vizinhos e já começa a afetar o mundo animal: “Turistas em viagem pela África registraram o momento em que um um crocodilo-do-Nilo com mais de 3 metros de comprimento tentava roubar um antílope que servia de alimento para um grupo de leões. A cena aconteceu à beira do Rio Nilo. Duas leoas e seus filhotes se alimentavam quando o réptil apareceu para atrapalhar a refeição. O local exato não foi identificado pela agência que distribui a imagem. Uma gravação (que pode ser conferida aqui) mostra os felinos saboreando a carne até que o crocodilo sai do rio e começa a se aproximar vagarosamente dos animais, em busca da sua parte. As leoas percebem a aproximação e o grupo começa a fugir com pedaços de carne, com a intenção de não deixar nada para o réptil. g1.globo.com/natureza

Lançado pelo governo do Distrito Federal no começo do mês, o projeto Brasília 2060 tem como objetivo planejar o desenvolvimento econômico e estratégico da capital para os próximos 50 anos.
De acordo com informações do próprio GDF, uma das linhas centrais do projeto é a integração entre quatro áreas: o centro financeiro internacional, previsto para ser instalado perto de São Sebastião; um polo logístico que será construído entre Samambaia e Recanto das Emas; a cidade-aeroportuária, inicialmente programada para ser instalada nos arredores de Planaltina; e na ampliação do Polo JK, que fica em Santa Maria. Para coordenar o projeto, o GDF escolheu a Jurong Consultants, empresa de Cingapura. Orçado em US$ 4,25 milhões, o serviço foi contratado sem licitação. G1oglobo

Tudo bem que o pessoal não se emende, mas precisava trazer uma empresa de Cingapura? Não dava pra fazer a maracutaia com a prata da casa e em Real?

Em 1989 se estabeleceu neste país a idéia de que havia um candidato novo. E o povo votou no tal do novo para dirigir o país. O novo era o (Fernando) Collor e vocês sabem o que aconteceu.” Lula, em comício em Diadema (SP) defendendo a reeleição de Mario Reali (PT). No dia anterior defendeu o novo, Fernando Haddad , em São Paulo. Blog do Noblat

Alô! Alô! Teresinhaaa... Luiz Inácio Chacrinha da Silva, aquele que não veio pra explicar e sim para confundir.



terça-feira, 23 de outubro de 2012


O plenário da Camara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (17) uma mudança em seu Regimento Interno para realizar sessões ordinárias apenas de terça a quinta-feira. As segundas e sextas ficariam reservadas para sessões de debates. A alteração formaliza algo que já ocorre na prática, mas garante que faltas não sejam registradas no primeiro e último dias úteis da semana, quando a Casa costuma ficar esvaziada. Pela Constituição, para efeito de perda de mandato, as ausências só são registradas nas sessões ordinárias, destinadas para votação de projetos de lei. O artigo 55 diz que o deputado pode perder o mandato se faltar a um terço dessas sessões. O mesmo critério vale para desconto no salário. Com a extinção das sessões ordinárias nas segundas e sextas, o deputado ausente diminui o risco de perda de mandato por faltar nesses dias e também de ganhar menos no final do mês. g1.globo.com/politica

De ordinárias, já bastam as seções, suas Excelências não deveriam adotar isso como estilo de vida.

O telão gigante do Vivo Open Air voltou a ser montado no Jockey Club, na Gávea, e neste ano as atrações passam por clássicos da adolescência e da juventu­de de muita gente ou são es­sencialmente pop. Hoje terá sessão de "Pulp Fiction” segui­da da festa Coordenadas, de soul e rock. No quesito bebidas, a grande novidade é o combo que inclui uma garrafa inteira de uísque ou vodca importada, mais quatro latas de energético. Sai a R$ 300 e vendeu bastante. Joaquim Ferreira dos Santos – jornal O Globo.

Tão bom quando era só pipoca. Esse combo deveria incluir, também, um saquinho para vômito, um litro de soro glicosado, uma seringa, uma agulha e um enfermeiro, pois corre o risco dessas seções de cinema terminarem em coma coletivo.

Na reta final do julgamento do mensalão, os ministros do STF começam a se preparar para definir a dosimetria das penas. Antes, porém, terão que tomar muitas decisões, como explicam especialistas do Centro de Justiça e Sociedade da FGV/Direito Rio”. Com base nisso, O Globo, (21), preparou um roteiro, com dez itens que irão influenciar na dosimetria das penas. Particularmente, me interessou o item 7, que se refere ao “tamanho da pena”, que pergunta: “Qual é o impacto do tempo de condenação?” a qual os especialistas da FGV, respondem: Se a condenação for até 2 anos, houve prescrição, o réu não cumpre pena. Inclusive, se houver 3 penas de 2 anos houve prescrição para todas. Se a condenação for entre 2 e 4 anos, a pena pode ser mudada para prestação de serviços para a comunidade. Se a condenação for entre 4 e 8 anos, o réu trabalhará durante o dia em colônia agrícola ou industrial e passará a noite e finais de semana na prisão (regime semiaberto). Se a condenação for a partir de 8 anos, o réu começará a cumprir sua pena na prisão (regime fechado.) Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/dez-perguntas-sobre-desfecho-do-julgamento-do-mensalao-6470061#ixzz29wbbyuEt 

Da. Aparecida - nossa moça do cafezinho, mas que, interinamente, supre as demandas do depto de pesquisas - informa-nos: Segundo o site “My Clip” (cnj.myclipp.inf.br) Falta de vagas obriga juízes a optarem por outros regimes de prisão para substituir o semiaberto. O relator do último recurso referente à questão julgado no STF, ministro Gilmar Mendes, consignou que “o encaminhamento do paciente ao cumprimento em regime fechado, ante a ausência de vaga no regime semiaberto, é uma conduta corriqueira no sistema prisional brasileiro”. E arrematou: “Contudo, o réu não pode arcar com ingerência do Estado que, por falta de aparelhamento, imputa ao condenado regime mais gravoso que o cominado no título judicial. Estou indeferindo da ordem (a soltura), mas com a ressalva de que, caso não haja vaga no regime semiaberto, o paciente cumpra a reprimenda em regime mais benéfico, até a existência de vaga. O que não pode é ele ser mandado para o regime fechado”.[...] – Infelizmente, não havendo casas de albergados e colônias agrícolas em número suficiente, na prática, a aplicação da pena no Brasil reduziu-se a dois regimes: o fechado e o aberto – comenta o juiz auxiliar do CNJ Márcio Fraga. 

Portanto na resposta fica uma falta de ar - Ops! Erro nosso – fica uma pergunta no ar: Quem for condenado a cumprir sua pena, pelo regime semi aberto, e em função do exposto acima pelo ministro Gilmar Mendes e corroborado pelo  juiz do CNJ, Márcio Fraga, como o apenado pode utilizar os períodos da manhã/tarde? Vai ao shopping e depois pega um cinema? Vai a praia ou ao clube pegar um bronze? Um chope com os amigos, almoço... uma soneca depois almoço? Outras ideias e sugestões quanto a estes procedimentos contate: Supremo Tribunal Federal, Praça dos Três Poderes, Brasília, DF - Tel: (061) 316-5000; email stf@cr-df.rnp.br

Atenção! As notícias que são postadas no blog, são copiadas Ipsis litteri - no bom “português” isso quer dizer o seguinte: Ctrl C + Ctrl V - dos blogs e site de origem. Portanto não corrijo os eventuais erros de grafia - ou mesmo, de escrita - neles contidos. Já basta a preocupação com os da minha autoria, nos comentários.



segunda-feira, 22 de outubro de 2012


Antes de abrirmos os trabalhos da semana um esclarecimento se faz necessário: Quem, compulsoriamente, acompanha as resenhas desse blog, sabe que minha amiga Cacau, sempre colaborou com o Q&M, fosse fornecendo material de pesquisa, fosse palpitanto sobre assuntos que não lhe faziam respeito. Inclusive na última greve, insubordinou-se e, interinamente, assumiu as rédeas do departamento de crônicas e manteve o blog no ar - mas existe algo a mais neste firmamento além dos simples aviões de carreira e então pra não me aborrecer e acabar perdendo a amiga, decidi criar um blog só pra ela. E aí surgiu o blog “Cacau em voo livre”, que para efeitos operacionais usa o mesmo grupo de pessoas, democraticamente, cadastradas no Q&M. Como nada é perfeito e devido a total falta de tato da minha amiga com as coisas da informática/internet, a gerência e operação do processo de postagem ficou sob minha responsabilidade. As vezes tenho a sensação de que troquei seis por meia dúzia, mas... amigos sempre. CDantas

BUENOS AIRES — O ex-presidente Lula esteve, [semana que passou], na Argentina em um dia de intensa atividade política. Em Buenos Aires, almoçou com a presidente Cristina Kirchner na Casa Rosada, e, em Mar del Plata, participou de um congresso empresarial. Em entrevista ao jornal “La Nación”, daquele país, Lula falou sobre o julgamento do mensalão em curso no Supremo Tribunal Federal. Taxativo, disse já ter sido julgado: “Eu já fui julgado (pelo mensalão). A eleição da Dilma foi um julgamento extraordinário. Para um presidente com oito anos de mandato, sair com 87% de aprovação é um grande juízo — afirmou Lula, em referência à última avaliação feita sobre seu governo pelo Instituto Ibope, em dezembro de 2010”. [1]

Afirmou também, “em palestra a empresários, que não tem mais ‘ambições políticas’ e que seus poucos planos incluem agora ajudar o governo Dilma Rousseff e contribuir para a vitória do PT na eleição municipal de São Paulo” e, em entrevista ao jornal argentino La Nación, disse mais: “Eu mesmo não quis um terceiro mandato. Porque, se o tivesse, teria querido um quarto mandato e depois um quinto. Então, se quero para mim, é querer para todos”. [2]

“Eu não vim pra explicar. Vim para confundir.", já dizia Abelardo Barboso, o Chacrinha, em décadas do século passado (anos 50 a 80). O nosso ex-companheiro-presidente, confuso, também tá querendo confundir. Mas uma coisa é uma coisa da mesma forma que outra coisa não é a mesma coisa. Entendeu? Ou a coisa ficou mais confusa ainda! Esquizofrenias a parte, dizer que “não tem mais ambições políticas", já é coisa demais, pois tem gente que, dentre tantas outras coisas, jura de pé junto que fadas e duendes existem. Agora, coisa macabra mesmo é esse affair entre Lula e a Patalójika. Repare, na foto, o clima de “aí se eu te pego”... e já pegando. O ex-companheiro-presidente que se cuide e não caia nessa rede, pois Fidel já prometeu, a Maga, à Hugo Chaves. E tem, também, uma Letícia no meio do caminho... embora essa pedra não vá interferir nos caprichos rosados da Casa argentina... são coisas de viúva... negra.  
Fontes: [1]oglobo.globo.com , [2]folha.com.br +  blog do Noblat.

 “Eu me questiono qual o preço esses homens, Lewandovski e Toffolli, para julgar futuros processos que não afetem o PT (esse é pelo amor ao Lulla e Dirceu). Quanto cobrarão para julgar outros casos mais comuns? Sempre ouvimos falar que juizes se vendem, mas nunca na história desse País se viu tamanho descaramento. Como as partes perdedoras, em futuros casos julgados por esses homens, entenderão que houve isenção? Certamente os acordos para compra dos votos continuarão na surdina, mas o leilão entre grandes escritórios de advocacia, a partir de agora, será muito mais animado. Quem dá mais?” – por Sérgio Chear, sobre matéria de Reinaldo Azevedo intitulada “Ricardo Lewandowski tenta emparedar Rosa Weber e Carmen Lúcia...” para a revista Veja. Leia a matéria na íntegra em: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/ricardo-lewandowski-tenta-emparedar-rosa-weber-e-carmen-lucia-e-obriga-las-a-votar-com-ele/

É que nem a propaganda: Não tem preço! É como falou o Sergio: “Quem dá mais?”. 

Foi mais inusitado do que de costume: ativistas seminuas do Femen posaram ao lado de uma freira da ordem dominicana durante protesto em frente ao Ministério da Justiça francês, em Paris.
A manifestação foi contra o resultado do julgamento de acusados de estupro. Alguns membros da gangue envolvida na violência sexual foram absolvidos. Durante o protesto na capital francesa, as feministas ofereceram "estupro grátis".
globo.com/blogs/pagenotfound

Embora inusitado seja, o que espanta não é a freira “posar ao lado...”, mas sim a sua “visionem cupidus”, dirigida ao corpo da ativista “ao seu lado...”. Quem sabe ela está pensando em descolar um sexus stuprant de grátis? Agora, cá pra nós, essa freira é valente, gostei da sua atitude e fico imaginando a ira dos padres, do Rio Janeiro, se no lugar do padre Solano, de “Avenida Brasil”, fosse ela a parceira da Carminha nas obras da igreja do Divino. Padre Jorjão, da Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, enfartaria no púlpito. Amém!

Tô pensando, seriamente, em ser um ativista da Ordem dos Dominicanos. Ja mandei currículo.



sexta-feira, 19 de outubro de 2012



Atenção: Em comunicado conjunto, o Ministério da Saúde, o alto-comando da Polícia Federal, as Secretarias Estaduais de Segurança e a cúpula do Comando Vermelho, acabam de informar: “Se no dia de hoje você pretende ter um enfarto, um AVC, uma parada cárdica, uma úlcera perfurada, ser atingido por um abala perdida, reagir  a um assalto, tacar fogo na casa do vizinho, suicidar ou até mesmo morrer... que o faça antes das 20h, pois `as 21h todos os serviços, direta ou indiretamente ligados a estes Orgãos, estarão indisponíveis em função do último capitulo de “Avenida Brasil”.
MC MALOKA

RIO - A música piorou nas últimas décadas. O que parece relativo quando dito por um crítico ganhou tons científicos com um estudo realizado pelo Conselho Nacional de Pesquisa da Espanha. Pesquisadores, através de programas de computador, analisaram 464.411 músicas populares do Ocidente lançadas entre 1955 e 2010, incluindo pop, rock, hip-hop, folk e funk.

Com os resultados obtidos, avaliaram tendências com o passar dos anos. As diferentes transições entre combinações de notas diminuíram de número nas últimas décadas. A variedade de timbres na música pop também caiu significantemente desde os anos 1960. Sobre este fato, a conclusão dos pesquisadores é que os compositores tendem a se manter fiéis às mesmas qualidades de som obtidas anteriormente. O volume, porém, tem aumentado desde 1955, em uma "espécie de corrida pela música mais alta". oglobo.globo.com/ciencia

Enquanto isso - e enquanto a próxima edição do Big Brother Brasil não vem - durma, literalmente, com um barulho desse: “O apresentador Pedro Bial se lançou num novo hobby: está tendo aulas de canto com o cantor Leo Tomassini, ex-integrante do grupo de samba Família Roitman, [...] ‘No início da minha carreira, me sugeriram frequentar uma fonoaudióloga para trabalhar melhor a voz. Quando fui correspondente da Globo em Londres, decidi fazer aulas de canto lírico que me ajudaram muito a trabalhar a respiração. Agora decidi retomar, mas com MPB’, - conta ele. [...] Bial solta a voz duas vezes por semana, mas não pretende fazer shows ou lançar CD. ‘Esse talento vai continuar escondido’, diverte-se”. revistaepoca.globo.com/brunoastuto

Numa dessas vezes, em que ele soltasse a voz, deveriam prendê-la, por perturbação da ordem pública e falsidade ideológica! Tá ficando difi... difícil não, insuportável. Tô amarrado em nome do MC Maloka – entidade abismal das trevosas regiões da Desarmonia Musical - ou então é carma mesmo. Em vidas passadas fui flautista nas bandas que animavam as bacanais gregas; ao tentar queimar a obra de Calímaco, um poeta e compositor egípcio - meu desafeto na época - que guardava suas partituras no prédio da Biblioteca de Alexandria, acabei incendiando o prédio; Nero, enquanto tacava fogo em Roma, se deliciava ao som da minha harpa; fui um dos que batia o tambor que marcava o ritmo dos remadores nos “navios negreiros”; era o regente oficial da banda militar do Terceiro Reich, que adaptava Wagner aos ouvidos do  Führer. Em resumo: fui um delinquente musical moto-vidas, e hoje pago meu preço. Mas, acredito, nada é eterno. Com o sofrimento, advindo do surgimento do funk e das duplas caipiras, creio ter reduzido, significativamente, minha dívida para com a ordem musical planetária. Oro fervoroso, dia e noite, e invoco os poderes de Euterpe – musa grega da Música – para que o Bilau mantenha seu “talento escondido” a sete chaves... e súbito, perca todas elas... na moral. 

A presidente Dilma Rousseff decidiu demitir o presidente do INSS, Mauro Luciano Hauschild, e abriu um novo ponto de fissura com o aliado PMDB. Com perfil técnico, Hauschild, no posto desde janeiro de 2011, é apadrinhado do senador Renan Calheiros. Entre os fatores que levaram à sua saída está o fato de ele ter se desligado do INSS por 14 dias para atuar na campanha vencedora da chapa PT-PMDB em Lajeado (RS). [...] Antes de assumir o INSS, Hauschild chefiava o gabinete de Dias Toffoli no STF. Leia na integra: www1.folha.uol.com.br/poder/1170972.../

Político, unido, jamais será vencido! E o povo o que é? Hakuna Matata, canta feliz:
“É ladrão de mulher!
E raia, o Sol suspende a Lua
Olha o palhaço no meio da rua.
Hoje teve espetáculo?
Teve, sim senhor!
Hoje teve marmelada?
Teve, sim senhor!
Hoje teve farofada?
Teve, sim senhor!
E o palhaço o que é?
É ladrão de mulher!
...
E raia, o Sol suspende a Lua
Olha o palhaço no meio da rua.”
Trechos de “Canções de Palhaço” – domínio público

Ainda dá tempo: “O prazo para término do leilão da virgindade de Catarina Migliorini, de 20 anos, foi prorrogado em dez dias. [...] Marcados anteriormente para 15 de outubro, lances agora vão até as 22h do Australian Eastern Standard Time [hora da região leste australiana] do dia 24 de outubro, informa o 'Virgins Wanted', site onde ocorre a divulgação do leilão. Até as 23h deste domingo (14), havia 13 lances concorrendo pela virgindade de Catarina. O maior deles era de um americano, que oferecia USD$ 255 mil, cerca de R$ 520 mil”. G1oglobo

Tenho uns amigos lá no Rio, parceiros antigos do tempo do Serpro, que tão fazendo um bolão - uma espécie de rifa onde cada um compra uma cartela numerada. O sorteio será no dia 20 de outubro. Até lá, eles esperam arrecadar o suficiente para cobrir o lance do americano. Quem ganhar o bolão recebe, além da grana para o leilão, uma passagem de ida para a Austrália... e faturar a Catariana - Ops! Erro nosso – tomar posse do imaculado prêmio. Não sei se vai dar tempo, como também não sei se o regulamento do leilão permite esse tipo de coisa. Como nesse período não posso viajar, resolvi não participar. Uma pena, pois sou doido pra conhecer a Austrália. 

Concorrência à altura - Se a TAM não abrir o olho, não demora muito a Azul vai assumir a liderança do caos nos aeroportos brasileiros. Quatrocentos e setenta voos cancelados de uma vez só, convenhamos, não é para qualquer companhia aérea, não! Tuttyvasques



quinta-feira, 18 de outubro de 2012


Uma equipe de pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, descobriu que a personalidade de alguns babuínos, primatas típicos da África, se parece muito com a dos seres humanos na hora de fazer amigos ou manter laços duradouros com outros exemplares. [...] Foi possível descobrir que ser um babuíno agradável, aumenta a possibilidade de ter laços sociais fortes e pode significar uma chance maior de transmitir bons genes para os descendentes. G1oglobo

Se quiserem se aprofundar um pouco mais é só assistir uma temporada do BBB. Vai começar uma daqui a pouco. Todo o material pra pesquisa e laboratório vai estar lá disponível, de grátis, ao vivo e em cores globais.

Duda 1 - Para especialistas em Direito, uma falha na denúncia feita pela Procuradoria Geral da República resultou na absolvição do publicitário Duda Mendonça no julgamento do mensalão. Diante dos fatos relatados na acusação, não restou alternativa aos ministros do Supremo Tribunal Federal a não ser livrar o marqueteiro da campanha de Lula em 2002 da condenação por lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ontem, Duda foi fotografado rindo com amigos em um restaurante de Salvador. Sergio Roxo - globo.com/pais/noblat/

Duda 2 - O STF inocentou Duda Mendonça de lavagem e evasão de dinheiro no julgamento do mensalão, mas isso não o absolve de responsabilidades nas campanhas que elegeram, entre outros, Maluf em 1992, Lula em 2002, Celso Pitta em 1996 e Roseana Sarney em 2010. A prisão do marqueteiro numa rinha de galo em 2004, como se vê, é pinto comparada ao conjunto de sua obra! Tuttyvasques

Por total desconhecimento técnico, não vou entrar no mérito da questão “falha na denúncia”, mas sim quanto a afirmação, demagógica, de o cara está morrendo de rir pelos bares de Salvador? Fosse eu, também estaria rolando no chão, as gargalhadas. Quem comprou os gatos por lebres foi o povo, Duda só os embrulhou pra presente.

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, estabeleceu o próximo dia 10 de dezembro, uma segunda-feira, como prazo máximo para que as empresas do setor de imprensa e audiovisual apresentem seus planos de adaptação à nova lei do audiovisual que, aprovada, em outubro de 2009, limita a quantidade de licenças de rádio e de televisão do país. Caso contrário, alertou Kirchner, a AFSCA, órgão responsável por supervisionar a concessão de licenças, poderá "agir". “Ninguém pode estar acima dos três poderes do Estado”, afirmou a presidente da Argentina. globo.com/pais/noblat/

Devaneios dos governantes democratas-populistas - que não aceitam críticas aos seus mandos e desmandos – mas que, matreiramente, vão se concretizando na America Latina, sob a forma alucinógena de um governo suposto democrático que inibe o livre arbítrio do povo, como foi muito bem retratado por George Orwell em seu livro “1984”. Aliás esse livro deveria ser leitura obrigatória em todas as escolas do país... mas sei que isso também é uma utopia.

Esperanças em deter essa tenebrosa marcha? Quem sabe: “Qual o limite entre o direito de informar e a privacidade. Uma figura publica tem menos direito à vida privada? Este foi o tema foi o tema de abertura, nesta sexta-feira, da 68ª Assembleia Geral da Sociedade Interamericana de Imprensa, que reunirá, até terça-feira 600 especialistas e profissionais de imprensa do continente americano em São Paulo. [...]”.  Apesar dessa linha tênue, no entanto, deve prevalecer o direito de informar e o combate à censura, analisaram os especialistas. [1] Mais:

O advogado Asdrúbal Aguiar, ex-ministro do Interior da Venezuela, [e palestrante da 68ª SIP], acredita que a geração smartphone é um agente de mudanças contra o autoritarismo no planeta. A seguir, trecho final da sua entrevista ao Globo [2]:
O aparecimento de governos autoritários compromete a liberdade de expressão e os direitos civis nas Américas?
As empresas jornalísticas independentes são esmagadas em nome da democratização da informação, desde que a mídia que sobreviva seja aquela que apoia o regime.
O senhor é um pessimista?
Não sou. Até porque há indicativos de que os venezuelanos, por exemplo, estão se cansando dos extremos de (Hugo) Chávez. O Chávez de hoje, comparado ao de 2006, é mais fraco. E a nova geração smartphone e Blackberry tratará de mudar de vez este quadro.
Como assim?
A emergência das redes sociais e popularização da internet criaram uma geração que não depende de uma única fonte de informação para tomar decisões e mobilizar grupos, como no mundo árabe. Na era primitiva, as pessoas se reuniam para trocar informações e tradições de forma oral, ao redor da fogueira. Com o surgimento da impressão no papel, a imprensa ganha a função de catalizadora e transmissora de informação. Agora a internet se torna a antiga fogueira ao redor da qual as pessoas se reúnem para trocar informação.

Em cerimônia de encerramento [ontem] da 68ª SIP, o recém-nomeado presidente do organismo, Jaime Mantilla, ressaltou a necessidade de luta constante pela liberdade de expressão, principalmente em países com governos que dificultam o livre trabalho jornalístico. [...] "Assumo esta presidência em um momento perigoso", afirmou, dizendo que as tentativas de "tornar uniforme o pensamento de cidadãos livres têm aumentado e os cerceamentos tendem a se generalizar”. [3]

Nos contos de fadas sempre tem uma mulher, maligna, que muda a rota das estórias do reino da Carochinha. Que o digam a Bela Adormecida, a Branca de Neve, o Lobo seduzido pela Chapezinho Red... até o tio Patinhas, tinha pavor da Maga Patalójika. Eva, Betsabá, Cleópatra, Catarina de Medici, Ana Bolena, dentre tantas outras poderosas mulheres, mudaram o rumo das história no reino das humanas criaturas. Hugo Chaves? Fidel (já morreu?)? Morales? José Dirceu?... que nada. Fique ligado, pois todo o cuidado é pouco quando se trata de Cristina Kirchner!

"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las" - Voltaire

Leia mais esse os assuntos em:
[3] http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,novo-dirigente-da-sip-diz-assumir-em-momento-perigoso,946358,0.htm

quarta-feira, 17 de outubro de 2012


Apesar da condenação no STF, a possível ida do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e de outros réus do mensalão para a prisão não deve acontecer em 2012. Dentro da Corte, o rito ainda é longo. Após o fim da votação, os ministros do STF passam a definir as penas, no processo chamado dosimetria. É impossível precisar o tempo consumido por essa etapa já que ela exige que cada magistrado fixe uma pena para cada crime cometido por cada um dos réus julgados e, depois, que todos cheguem a acordo sobre a pena. globo.com/pais/noblat/

Se vão cumprir pena atrás das grades ou em domicílio; se vão usar tornozeleiras eletrônicas ou guizos nos pescoços... não importa, pois nada disso pode intervir na essência desse momento, que é - e está sendo - levar ao banco dos réus a base santificada do PT, representada pela figura mor de José Dirceu. Tudo o mais é acessório. Com todo respeito, parodio a frase-lema do ex-presidente-companheiro: Nunca na história desse país ocorreu situação semelhante entre os caciques da política brasileira. Às discordâncias - como por exemplo, as de Zé Dirceu, quando afirmou que a sua condenação, por corrupção ativa foi, "Um juízo político e de exceção" - contraponho com a réplica do Super-Negão: "Não costumo comentar manifestação de político, este não é o meu papel. Ele é um réu, e réu eu trato como réu. Se determinado réu resolve politizar o julgamento, problema dele”. E ponto Final.

A banca A Cena Muda, de revistas e livros antigos, em Ipanema, está com este exemplar de contos de Monteiro Lobato (1882-1948), lançado em 1920. O conto que batiza o livro, “Negrinha”, segundo defensores de Lobato, denuncia a desigualdade entre brancos e negros nos anos pós-escravidão. Mas o Instituto de Advocacia Racial e Ambiental, aquele mesmo que implicou com “As caçadas de Pedrinho”, protocolou na CGU pedido para que a obra não seja distribuída às escolas pelo MEC. Calma, gente. Ancelmo Gois

Como diria Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, metalúrgico, sindicalista, deputado federal e pensador: “-É fo#@**da!”

Países que consomem mais chocolate amargo produzem mais ganhadores de prêmios Nobel. Que tal? Esta foi a teoria apresentada em uma das revistas médicas mais prestigiadas no mundo, a "New England Journal of Medicine". Quanto mais chocolate amargo a população come, mais vencedores da láurea internacional per capita o país abriga, mostrou um estudo liderado por Franz Messerli . Na liderança do ranking Nobel/chocolate amargo estão a Suíça, a Suécia e aDinamarca. Os EUA ocupam posição posição intermediária. O estudo analisou dados de 23 países.
"Eu atribuo essencialmente o meu sucesso à grande quantidade de chocolate que comi", disse Eric Cornell, físico americano ganhador do Nobel em 2001, de acordo com o site "Canada.com". De acordo com pesquisas, chocolate amargo ajuda a retardar o envelhecimento, melhora o humor, potencializa a memória, reduz a pressão arterial e faz aumentar a concentração do colesterol HDL (colesterol "bom") e diminuir a concentração do LDL (colesterol ruim) nos vasos sanguíneos.
oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound

Se isso fosse a vera eu não sairia deste pódio. Todo dia 10 de dezembro lá estaria eu, em Oslo, pra faturar mais um, seja lá em que área fosse. Não ia ter pra ninguém, e melhor: com um  corpinho de 25, rindo a toa, pressão arterial 12x7 e taxa média de colesterol de 180. Ô Eric Cornell, fala sério, tu é físico e a coisa é Nobel! Quem tá pagando esse merchandising? A Goldkenn, a Toblerone ou Lindt?