*Não fosse o amanhã, que dia agitado seria o hoje!

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Não se comemoram 40 anos de amizade impunimente


A igreja católica tem a Semana Santa; a literatura, a Festa Literária Internacional de Parati - a Flip - claro que em Parati, no Rio de Janeiro. Os cowboys tupiniquins e assemelhados encontram sua expressão máxima na Festa do Peão Boiadeiro em Barretos, São Paulo. Os professores, anualmente, a Semana do Saco Cheio... e tantas outras semanas mais existem por aí em países, estados, cidades, entidades, famílias para homenagear e comemorar seus eventos mais significativos... até um grupo de índios, no Alto Xingu, realiza no Quarup suas homenagens ao “ciclo da vida”.

Uma breve biografia autorizada: A Turma do Crime© - que é definida por eles mesmos como sendo “uma sociedade devassa e independente do julgamento e da opinião de terceiros” – foi um grupo ativista que adotava como ideologia, uma conduta alegro, etílica, ma non tropo. Atuou intensamente, pelos bares da Lapa, no Rio de Janeiro, na década de 70.  Foi criada/fundada por um grupo de funcionários, da área de informática, do Serviço Federal de Processamento de Dados, SERPRO. Não é bolinho não!

Em um momento a TC - como é conhecida na intimidade, intimidade esta que não se recomendam maiores pormenores - chegou a ter tantos agregados que seus dirigentes foram obrigados a criar uma sede, tipo um bunker, onde pudessem realizar suas reuniões, digamos, mais reservadas. Ficava em Copacabana, mas o endereço não pode ser revelado, pois corre em segredo de justiça.

Existe até uma biografia dessa turma, intitulada “Vai dá Merda! - As crônicas da Turma do Crime”, pronta para o prelo desde o início de 2012, mas seus autores nunca tiveram coragem de autorizar sua comercialização. Agora então, com toda essa pendenga que rola por aí sobre biografias, a história da TC, corre o risco de cair no limbo e virar mais uma lenda de quem, assim como uma Alice em seu mundo das maravilhas, mergulhou na “toca” da fantástica boemia que existia na cidade do Rio de Janeiro antes da internet e do celular.

Mas que conversinha de compadre é essa, perguntará, democraticamente, o nobre “seguidor” deste blog. Explico: o motivo desta conversa mole, pra seguidor de blog hibernar, é pra explicar o seguinte: a cada 40 anos essa Turma se reúne - ou o que sobrou dela - para comemorar a “Semana do Copo Cheio”. Desta vez a patota do Q&M foi convidada e, claro, imediatamente aceitou participar - até porque, assim como acontece com os cometas, outra comemoração como essa só ocorrerá em 2053. Portanto, a partir de segunda, 28, o Q&M estará, literalmente, fora do ar. Esperamos que o blog retorne em breve e, de preferencia, ainda nesta encarnação. CDantas

Mas antes da gente cair na esbórnia assista um vídeo profético: Foi produzido pelo Duda Mendonça para a pré-campanha do PT em 2002 - dura apenas um minuto - mas serve perfeitamente para 2014, 18, 22, 26, 30... e, mesmo tento sido desenvolvido para o PT, é suprapartidário! - Enviado por Samuca Mac Dowell - Assista-o clicando aqui

E lembre-se!


"Não é triste mudar de ideias, triste é não ter ideias para mudar.” - Barão de Itararé


O cerceamento à livre expressão na América Latina é imposto cada vez mais sob o princípio da "utilidade pública", que equipara a produção jornalística a um serviço que deve ser regulado pelo Estado, afirmou nesta segunda-feira, 21, o presidente da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), Jaime Mantilla, durante a 69.ª Assembleia Geral da entidade, em Denver nos Estados Unidos.

Segundo ele, a "novidade" converte uma imprensa "independente, plural e livre" em um "serviço público" que deve ser controlado pelo governo [...] Ele disse que a mais recente manifestação dessa tendência é justamente a Lei de Comunicação do Equador, que submete a produção jornalística à supervisão do Estado, permitindo a censura e a interferência oficial no conteúdo de notícias.

Na avaliação do presidente da SIP, a lei, aprovada em junho, representa "o mais grave retrocesso das liberdades na América" e serve de inspiração a outros governos da região inclinados a impor controles semelhantes sobre a imprensa. Leia na íntegra


Notinha de rodapé: Que diabos a espionagem americana pretende fazer com os 70,3 milhões de telefonemas que gravou entre dezembro de 2012 e janeiro de 2013 na França? Uma equipe de cinco agentes bilíngues da NSA levaria 10 anos para ouvir todas as conversas e mais um tempinho para traduzir o que interessa! - Tutty Vasques/Estadão

O ex-presidente Lula da Silva declarou nesta terça-feira, 15, durante um discurso na Argentina que "os donos de jornais e canais de TV (no Brasil) ganharam muito dinheiro em meu governo. Mas nunca me deram trégua. Nunca deram uma manchete positiva em meu governo. Não me lembro de momento algum em que falaram ''Lula é bom"[...] Mas Lula também destacou, como se ainda fosse presidente, que, "se alguém acha que um dia vou mexer um dedo para prejudicar a imprensa, esse dedo já caiu". O ex-presidente também avaliou as críticas que recebe: "muitas vezes aquele que fala mal da gente é mais honesto do que aqueles puxa-sacos das autoridades".

Sei não seu Lula. Primeiro que o dedo em questão não caiu, foi cortado em um acidente de trabalho, portanto, pra cair, literalmente, ainda lhe restam nove; segundo: O momento atual na América Latina, infelizmente, é tratar a informação como "utilidade pública", “propriedade do Estado”, conforme profetizou o equatoriano Jaime Mantilla – vide post anterior.

Ainda sobre a 69.ª Assembleia Geral: Em seu primeiro discurso na condição de presidente da SIP, Elizabeth Ballantine atacou (terça 22), o que classificou de "ditaduras democráticas" na América Latina, entre as quais mencionou Argentina, Venezuela, Bolívia, Nicarágua e Equador. "É uma óbvia contradição quando temos governos eleitos pelo povo em eleições livres que começam a destruir a democracia uma vez que chegam ao poder", declarou a americana. Leia na íntegra

Nota de rodapé: Entidades de defesa do consumidor se manifestaram sobre “lobby” que estaria comprometendo a integridade do texto do Marco Civil da Internet, em tramitação na Câmara em regime de urgência, com prazo de votação até a próxima segunda-feira, 28... A Associação de consumidores e o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor se mostram preocupados com as possíveis mudanças do texto e exigem a manutenção dos chamados “princípios fundamentais”: privacidade, neutralidade de rede e liberdade de expressão (relacionado no artigo sobre remoção de conteúdo). Leia na íntegra

Adriane Galisteu
em um momento vegetariano 
A modelo e ex-miss Meyriele Abrantes espera ansiosa o mês de novembro. A pernambucana de 31 anos realizou um antigo sonho e vai estampar a capa da revista Playboy, que deve chegar às bancas na primeira quinzena do próximo mês. Ao G1, contou que o tema do ensaio será "beleza no poder", uma ligação direta com a relação que manteve com o senador Jarbas Vasconcelos, 71 anos, encerrada há apenas 4 meses.

Na entrevista, Meyriele evitou falar sobre o ex-companheiro, que conheceu em 2003, após ganhar o concurso de Miss Pernambuco - Jarbas ainda governava o estado. A relação durou cerca de 10 anos e nenhum dos dois explicou o motivo do rompimento. O recado foi claro: ela quer se desvencilhar da imagem dele e criar uma carreira própria. "Veja a Adriane Galisteu: ela era apenas a ex-namorada do Ayrton Senna e, hoje, é o que é. Ela é um exemplo", comentou. Confira
O cachê é bom?
Eu não posso falar, não sou autorizada. Mas é… é sempre bom, né? Quando eu vim para a reunião na Abril, eu pensei: Deus está na minha frente, confio nos planos Dele para mim. Se for bom para mim, que eu feche, com a Playboy.
Você passou a frequentar cultos da Igreja Episcopal, em Boa Viagem. O que mudou?
Eu estava afastada de Deus. Tem essas fases na vida de todo mundo. Eu tinha uma vida social muito ativa, muitos compromissos e deixei esta parte tão importante em segundo plano. Mas corri atrás. O fim do nosso namoro foi muito doloroso, sofri demais e ainda sinto muito vazio, às vezes, mas Deus sempre me conforta. E o pastor Ximenes tem sido uma bênção para mim. Trecho da um entrevista de Michele - Leia na íntegra

Tudo bem, pois sempre chegará o dia em que teremos de sair da barra da mãe - no caso de Meyriele da aba do pai - e botar o pé na estrada, mas a pergunta que fica é: Em que, exatamente, Meyriele pensava, quando afirmou que Galisteu “hoje, é o que é”? Cartas para a Igreja Episcopal Carismática do Brasil, rua Prof. Aurélio de Castro Cavalcante, 523 - Boa Viagem, Recife/PE, aos cuidados do pastor Alexandre Ximenes.

Aliás e a propósito: Uma piranha vegetariana, um macaco que ronrona, um lagarto com listras de fogo e uma mini rã, estão entre as novas espécies amazônicas descobertas nos últimos quatro anos, segundo conservacionistas divulgaram nesta quarta (23) - Confira - Tá parecendo mais a lista de animais de estimação da “Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts”, onde Harry Potter, Hermione, Rony e sua turma estudavam, né mesmo?

Mundo Cão: Anúncio publicado em um jornal de São Roque, São Paulo: “VENDE-SE um lote de beagles com pequenos defeitos. ATENÇÃO: Não pode escolher, só vendemos o lote inteiro e também não aceitamos devoluções. Preço de ocasião. Ligar para ######## e marcar entrevista. Enviado por Antonio de Pádua


Bandeira da ética a meio-pau: O ex-prefeito Ruy Gonzalez, que foi chefe do executivo de Guarujá, no litoral de São Paulo, na década de 1990, morreu na manhã desta quinta-feira (24). Gonzalez, que também foi deputado estadual, estava preso por ter sido condenado a cumprir pena por envolvimento com a quadrilha que sequestrou a família do gerente de um banco na Baixada Santista. Segundo informações passadas por familiares de Gonzalez ao G1, o político passou mal no início da manhã, na penitenciária de Tremembé, e acabou falecendo pouco tempo depois. O velório de Gonzalez acontecerá na Câmara Municipal de Guarujá e será aberto ao público. O presidente do legislativo, Marcelo Squassoni (PRB), decretou luto oficial de três dias na cidade. Leia

Cartum da semana... da semana não, do mês inteiro!


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

“A ousadia do PCC, demonstrada nos telefonemas que o Ministério Público Estadual ouviu, analisou e divulgou recentemente, mostra que a força do crime organizado em parte está na sociedade desorganizada em que floresce e prospera”José de Souza Martins, sociólogo e professor da USP

Decreto assinado pela presidente Dilma em 7 de outubro atropela o Supremo Tribunal Federal, a Procuradoria-Geral da República e o Tribunal de Contas da União ao beneficiar uma entidade sob intervenção da ANS e que está na órbita de influência política do PT. O ato presidencial dispensa a “Geap - Autogestão em Saúde”, uma fundação de direito privado, de participar de licitação para vender planos de saúde para servidores da União. Com isso, a entidade não precisará concorrer com operadoras do setor privado para participar de um mercado potencial de 3 milhões de usuários e que movimenta cerca de R$ 10 bilhões por ano, de acordo com integrantes do setor.

Bastará que o órgão público interessado em contratá-la firme convênio por meio do Ministério do Planejamento, conforme o decreto publicado no Diário Oficial da União. A medida abre espaço para concentrar na Geap o atendimento ao funcionalismo público, hoje pulverizado entre 34 operadoras. No dia 8 de outubro, no mesmo dia da publicação do decreto presidencial, a Geap registrou em cartório o novo estatuto, em que confirma ser uma fundação de direito privado. A União, pelo estatuto, é a patrocinadora da entidade.

Apesar de ter recebido repasses do governo federal de mais de R$ 1,9 bilhão nos últimos 10 anos, a entidade é considerada uma caixa-preta porque não presta contas ao TCU. Em março, a ANS decretou intervenção da Geap em razão dos resultados negativos que vinha apresentando - dívida de cerca de R$ 260 milhões. Leia

De golpe em golpe, Ops!, de decreto em decreto Dilma da Silva vai atropelando a, já trôpega, “justiça” e nublando a,  já acinzentada, cabeça dos cidadãos ditos brasileiros.

Nota de rodapé: A nova CPMF vem aí? - A Comissão Especial da Câmara sobre a Saúde debate a CSS (Contribuição Social para a Saúde). A proposta é do deputado Rogério Carvalho (PT-SE). A alíquota da sucessora da CPMF seria de 0,1% das transações bancárias, à exceção da poupança. Antes da presidente Dilma assumir, Lula defendeu a sua criação. A CPMF começou em 0,25% e terminou em 0,38% por Ilimar Franco/O Globo - Desculpe seu Ilimar, mas antes das eleições, do ano que vem, eu duvido. Mas prepare-se: se em outubro de 2014 o PT levar a taça pra casa, a conta pós-eleições, será de fazer inveja a qualquer Hugo Chaves da vida e da morte. Quem sobreviver verá.

Pegando carona: Repararam que os olhinhos da Dilma, no pronunciamento sobre o leilão de Libra na segunda 21, estavam que meio esverdeados? Mais outro leilão desses, ela será a segunda, celebridade, a ter os olhos da cor violeta em toda a história das humanas criaturas. A primeira foi Elizabeth Taylor. Ou será que ela (semelhante a Michael Jackson que foi branqueando, branqueando e quando chegou aos cinquenta anos tava mais branco que queijo de minas), tem um tipo de vitiligo oftálmico?

Veja como anda a tecnologia: mesmo antes de postar este post no blog, já me chega um comentário sobre meu comentário - enviado por email - de uma senhorinha, lá de Serro/MG (a terra do pão de queijo), cuja a identificação mantenho em sigilo, mas reproduzo abaixo seu conteúdo:
de: #########.####@hotmail.com
para: “CDantas” <cab.dantas@globo.com>
data: 23 de outubro de 2013 11:04
assunto: Senti o cheiro de longe
-----------------------------------------------
O cheiro, do Michael Jackson, também era semelhante ao do queijo?
kkkkk....kkkkkkk
Abraços.
################
-----------------------------------------------

Desculpe minha senhora, mas esta pergunta é oportunista, sem propriedade e de muito mau gosto, até porque ele é um dos meus preferidos... o queijo é claro! E, por favor, não insista, pois não admitirei piadinhas e trocadilhos infames. Já denunciei seu email como spam. CDantas

Morra-se com uma gordura dessas: As gorduras saturadas da manteiga, do queijo e da carne vermelha não são tão prejudiciais para o coração como se pensava até agora, de acordo com um estudo publicado nesta quarta-feira (23), na revista médica "British Medical Journal". A pesquisa foi coordenada por Aseem Malhotra, um dos cardiologistas mais prestigiados do Reino Unido e especialista do hospital universitário de Croydon, em Londres. Em seu artigo, Malhotra afirma que o consumo de produtos com pouca gordura "paradoxalmente" aumentou o risco de ter doenças cardiovasculares. Confira


Coisa de pobre - Levantamento feito por Fábio Vasconcellos, jornalista, professor de jornalismo e especialista em jornalismo de dados, revela que o Brasil lidera a lista dos países que emitem ordens judiciais para retirada de conteúdo das plataformas administradas pelo Google. Está na frente de países como os Estados Unidos e a Alemanha. A informação só confirma o climão provocado por quem defende censura prévia em biografias. O controle da informação é cada vez maior.  Ancelmo Gois/O Globo

Frase do personagem Caco Antibes, vivido por Miguel Falabella em Sai de Baixo: “Pobre é uma coisa triste. É hipersensível. Se ofende atoa. Por qualquer coisinha “constituiu um adevogado” pra cuidar do caso. Eu tenho horror a pobre!”... é por aí.

Na onda, perigosa, das biografias: O mercado editorial acontece também na Rocinha. Bibi Perigosa, ex-mulher do traficante Saulo da Rocinha, lança dia 27 na Biblioteca Parque um livro inspirado na sua vida como mulher de traficante. Ela diz que não é uma biografia não autorizada do traficante, e sim um livro de ficção. Ah, bom!  - Ancelmo Gois/O Globo

Bibi, juntamente com Mrs. Cachoeira - tá ligado na última enquete? - também é uma mulher de fibra, pois se a tal biografia não agradar o biografado, sei não... e no mesmo mote fica também a pergunta: Alguém, que for ao evento, vai ter coragem de não comprar esse livro? Melhor resposta: Meu nêgo, na dúvida, melhor não ir!

Pesquisa Q&M - Saulo de Sá Silva, vulgo Barão do Pó, era (era?), o responsável pelo abastecimento de cocaína na favela da Rocinha, Rio. Mas a vida criminosa de Saulo começa bem antes de sua passagem pela favela da Rocinha. Durante a infância frequentou presídios - em visitas ao pai - conviveu com traficantes como Fernandinho Beira-Mar e outros. Saulo foi preso em 2005, e depois de fugir da carceragem da Polinter, se refugiou com a família na favela da Rocinha, mas em janeiro de 2008, voltou a ser preso em Alagoas.

Saulo é casado e tem dois filhos com Bibi Perigosa. Sua mulher ficou conhecida na favela da Rocinha por fazer declarações de amor ao marido, jogando pétalas de rosas de um helicóptero e também pela sua violência com mulheres que tentassem se aproximar do traficante. O Q&M não conseguiu saber se Saulo continua preso, se escafedeu-se novamente, se ainda está vivo, se já o mataram ou simplesmente morreu - não, necessariamente, nesta sequência. E ATENÇÃO: se alguém souber de alguma coisa, finja-se de morto e em hipótese alguma tente qualquer contato com este blog, para atualizar estas informações.  

Aliás, a dupla Culpa & Rabo Preso, quando se apresenta, é uma merda - Sabe esta operação que prendeu mais de 80 pessoas acusadas de fraudarem o Detran-RJ? Pois bem, na madrugada de ontem, policiais civis chegaram à casa de um PM e anunciaram a ação. Acuado e com carinha de triste, o homem estendeu as mãos para ser algemado... no que um policial, acredite, completou: Viemos prender... sua esposa! Ancelmo Gois/O Globo

Nova arena de pesquisa, na Antártida, para a copa de 2030
A Marinha prevê o lançamento da "Pedra de Gelo Fundamental" da nova Estação Antártica - aquela que pegou fogo - para março de 2014. O custo está orçado em cerca de 40 milhões de euros (R$ 128 milhões). A entrega do projeto pelos arquitetos do Estúdio 41, de Curitiba, será, no Salão Nobre do Comando da Marinha, no Rio. (*)

Nossa mania de grandeza é do tipo GG – vide o Pré-sal. Precisa construir uma estação de pesquisa, na Antártica, padrão Fifa? (veja a foto).  Não dá pra fazer uma estação básica?

Enquanto isso: O PIB da China cresce 7,8% no 3º trimestre do ano. Índice está acima da meta estabelecida pelo governo para o ano, de 7,5%, segundo os números oficiais divulgados nesta sexta-feira (18) - Leia - Como diria Li Keqiang, primeiro-ministro da China: “Sorry periferia”, em chinês é claro.

E por falar em Li Keqiang: A China, em pleno avanço capitalista, vai lançar uma nova edição do polêmico “O livro vermelho”, de Mao Tsé-tung. Há quem sugira, para tornar o livro atraente para os jovens de hoje, adotar o titulo “Cinquenta tons de vermelho” - (*) por Ancelmo Gois/O Globo

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Civilizações não evoluíram com respostas, mas sim com perguntas, mesmo que algumas indagações continuem, até hoje, sem respostas. Anônimo


Flagrante de alguns petistas de volta ao futuro das origens

Em entrevista ao jornal espanhol “El País”, publicada ontem, 20, o ex-presidente Lula afirmou que com o crescimento do PT, ao longo desses 33 anos, e com sua chegada ao poder foram aparecendo “defeitos”, como a valorização demasiada do Parlamento e de cargos públicos, e o surgimento da corrupção. Apesar disso, Lula disse que dirigentes do partido foram previamente condenados, por meios de comunicação, no julgamento do mensalão, inclusive, segundo ele, “à prisão perpétua”. Era um partido pequeno, que depois passou a ser grande e, como tal, foram aparecendo defeitos. Gente que dá muito valor ao Parlamento, outros aos cargos públicos — disse Lula, ao “El País”.

Nesse trecho, o repórter interrompe o ex-presidente e faz referência ao escândalo do mensalão. Lula, então, lembra, com saudosismo, de como o partido funcionava no passado: Eu queria dizer que as pessoas tendem a esquecer os tempos difíceis em que achavam bonito carregar pedra. Um grupo mais ideológico, as pessoas trabalhavam de graça, de manhã, à tarde e à noite... Não quero voltar às origens, mas gostaria que não esquecêssemos para que fomos criados. Por que queríamos chegar ao governo. Leia na íntegra

“Volta Lula 1” - “É melhor ser amigo de presidente. O cargo é cacete. Agora é só coisa boa. Um palpite, um convite para jantar” - Lula da Silva, ao esconjurar o “Volta Lula” - Ilimar Franco/O Globo

“Volta Lula 2” -  Lula a um senador: Meu caro, prefiro sair como Pelé a voltar e ser o Maradona! Jorge Moreno/O Globo

Como se vê, a única frase verdadeira, de Lula da Silva, na entrevista ao jornal espanhol “El País”, foi: “Não quero voltar às origens

#1. Uma pesquisa inédita divulgada ontem pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que a violência no Brasil tem maior impacto sobre a expectativa de vida dos negros que dos brancos. De acordo com o estudo, a perda de expectativa de vida devido à violência letal é 114% maior para negros do que para brancos. Por causa de mortes como os homicídios, os negros perdem 1,73 ano em sua expectativa de vida ao nascer, enquanto essa perda na população não negra é de 0,71 ano.

O diretor de Estudos e Políticas do Estado, das Instituições e da Democracia do Ipea, Daniel Cerqueira, explica que a cor da pele é determinante. “Partimos do universo de todas as pessoas que morreram por homicídio entre 1996 e 2010. Quando retiramos outros determinantes, como classe social e sexo, percebemos que, mesmo assim, o simples fato de ter a cor da pele negra ou parda faz aumentar em cerca de 8 pontos percentuais a probabilidade de um indivíduo ser assassinado”, disse. Confira na íntegra

#2 - A infiltração da ideologia racialista vem de longe e o estudo do Ipea, órgão oficial, que relaciona cor da pele a homicídios prova que a contamina­ção está avançada. Afinal, querer provar "cientifica­mente" que mais negros morrem por serem negros, e não por serem po­bres, viverem em áreas violentas, é, no mínimo, uma ousadia acadêmica. Opinião/O Globo

#3O milagre da multiplicação das raças - Em 21 Estados, além do DF, a proporção de candidatos pretos, pardos e indígenas no Enem já supera à registrada no Censo 2010 do IBGE. O principal motivo é a Lei de Cotas nas federais, que fazem a seleção de universitários por meio da prova. Confira

Nota de rodapé em três tons de cinza: Já tem gente por aí reivindicando cotas para negros, pardos e indígenas nas biografias publicadas no Brasil - Tutty Vasques/Estadão

Sutiã para o rosto - Mulheres que temem a flacidez no rosto estão recorrendo a um novo produto japonês: o sutiã facial (foto). Uma fita fica presa atrás da cabeça e contorna o rosto, puxando tudo para cima, numa desesperada tentativa de brigar contra a gravidade. O sutiã, à venda na internet, é para ser usado à noite, sozinha e no escuro - longe de qualquer outro ser humano, sob o risco de ser taxada de louca. Cleo Guimarães/ Gente Boa/O Globo

Estrelas são como gigantescas usinas nucleares que liberam uma imensa quantidade de energia proveniente do processo de fusão nuclear. Enquanto existe combustível para ser queimado, ocorre um equilíbrio entre sua parte interna e a gravidade, que tenta colapsar a estrela, mas a enorme pressão interna equilibra a ação gravitacional. Quando a gravidade vence essa queda de braços a estrela literalmente explode e dependendo da massa implodida, ela pode virar um “buraco negro”.

Essa mulherada, de tanto “brigar contra a gravidade”, um dia perde esta queda de braço e vai sair por aí explodindo em praça pública – como se fosse uma Dona Redonda – com o risco de virar um buraco negro sugando a sua volta seu marido, os maridos das outras, seus filhos, netos, cachorros e cocôs seus... e dos outros. Os bancos da praça, os postes de luz da praça, os mendigos da praça, a estátua da praça, a grama da praça, as árvores da praça... a praça... este blog e o escambau a quatro, a cinco... a  2810

Justiça rejeita recurso do MP para prender suspeitos de integrar facção. Agora pedido terá de ser apreciado por uma turma julgadora. O Tribunal de Justiça de São Paulo negou nesta quinta-feira (17) atendimento a um recurso do Ministério Público Estadual que pedia a prisão de 175 suspeitos de integrar uma facção criminosa que age dentro e fora dos presídios paulistas. Os suspeitos foram investigados pelo Ministério Público nos últimos três anos por tráfico de drogas, assassinatos, porte de arma e formação de quadrilha. Não vejo presentes os requisitos habituais para a concessão de liminar. Eventuais efeitos suspensivos e ativos só poderão ser decididos pela turma julgadora, quando do julgamento do mérito da impetração e não por este relator em decisão monocrática [...], diz no despacho do desembargador Ivan Marques. L AN”O Globo

Você entendeu? Nem eu. Como disse um meliante – Ops! – um membro da ONG Primeiro Comando da Capital, tuitando em pcc.org.br: “Tô sabendo... aí meu irmão... nem eu entendi essa paradinha... o bagulho é doido!”. 

O leilão não foi um sucesso, porque foi uma concorrência sem concorrentes, mas o governo diz que sim e é natural que comemore. Depois de cinco anos, conseguiu fazer a primeira licitação do pré-sal. Dentro das circunstâncias, o consórcio que se formou foi o melhor possível. 

A brasileira terá que entrar com R$ 6 bi dos R$ 15 bi do bônus de assinatura num momento em que está com dificuldades de caixa. Mas não é difícil para uma empresa do porte da Petrobras conseguir esses recursos. O "problema" é que tem muitos investimentos pela frente e é preciso estar mais forte financeiramente. [...]

O governo, agora, deve conceder o pedido que a Petrobras tem feito de correção do preço da gasolina, o que melhoraria a geração de caixa da empresa no curto prazo. O problema que o governo tem pela frente, agora, é rever ou aperfeiçoar o modelo de partilha, que não se saiu bem no teste.

Na última rodada, de concessão, pelas velhas regras, apareceram 60 empresas... O governo esperava que 40 empresas fossem disputar esse leilão. Ficou evidente que muita coisa não funciona no modelo de partilha. Por Mirian Leitão, para o Globo - leia na íntegra

Entreouvido em conversa de estudantes que se preparam para o Enem:
-Tá ligado no leilão de Libra?
-Não, eu sou de Sagitário!
Tutty Vasques/Estadão

terça-feira, 22 de outubro de 2013

“Seja qual for a sua idade, é difí­cil viver, é difícil tomar um ru­mo na vida, é difícil distinguir o certo do errado, é difícil es­colher. Quem sabe, o herói emergente do século 21 será aquele que não es­colhe, que não tem que escolher”. Trecho da crônica “Manifesto Sexagenário” de Cacá Diegues/O Globo


A Justiça Federal já bateu em diferentes portas, nos quatro cantos de Brasília, atrás de um ex-gerente da CEF responsável por um desfalque de R$ 3 milhões do FGTS. O desvio do dinheiro para contas bancárias da mãe, do irmão, da mulher, da filha e dos sogros de Ítalo Colares de Araújo resultou numa pena de prisão de sete anos por peculato e de 14 anos por lavagem de dinheiro.

Desde 2009, a Justiça tenta localizar o ex-gerente da Caixa para intimá-lo da sentença que o condena à prisão por dissimular a obtenção ilícita de recursos públicos. A estratégia de Ítalo - exitosa até agora - é informar endereços errados e múltiplos. O oficial de Justiça, porém, não teria dificuldade para encontrar o réu se batesse à porta de um importante endereço na Praça dos Três Poderes: o Supremo Tribunal Federal.

Ítalo, que se livra da prisão graças a orquestrados recursos e a falhas do Judiciário, dá expediente na Seção de Recebimento e Distribuição de Recursos do STF. Chegou à máxima Corte da Justiça por concurso público para técnico judiciário, em 2000, um ano após ser demitido do banco em razão da fraude milionária.Leia.

Pensa que a coisa para por aí? Para o seu, o meu, enfim para espanto geral, tem mais: "Não há registro que desabone a atuação do servidor no desempenho das atividades relativas ao cargo que aqui ocupa". Essa é a posição do STF em relação ao analista judiciário ítalo Colares de Araújo... Ao GLOBO, o STF sustentou que um servidor es­tável só pode ser demitido di­ante de uma sentença transita­da em julgado (esgotados to­dos os recursos), de um pro­cesso administrativo com am­pla defesa assegurada ou de um procedimento de avaliação periódica de desempenho, co­mo determina a Constituição Federal.  - Por Vinícius Sassine para o jornal O Globo.

Hare hare malandragem... hosanas PCC! Fazer o que se a chapa tá quente. É, pode ser... mas haverá iluminação depois do túnel, lá na frente? Será assim tão realmente triste, porém infelizmente, ter de aceitar, displicente, a conclusão do Cacá Diegues?: Quem sabe, o herói emergente do século 21 será aquele que não es­colhe, que não tem que escolher. Meu irmão que Titanic é esse que a gente embarcou... que afunda, cada dia mais, na merda deste mar de inconsequências democraticamente legais?  

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (16), em caráter terminativo, projeto de lei que permite que a mãe faça o registro do filho recém-nascido independentemente da presença e da vontade do pai da criança, indicando inclusive o nome dele para constar na certidão de nascimento. Leia

“Esse projeto de lei aprovado no Senado autorizando qualquer mulher maluca a indicar na certidão de nascimento o nome do pai que bem entender para seu filho ganhou apelido no meio artístico: Lei da paternidade não-autorizada”. Tutty Vasques/Estadão

É que nem jogo do bicho onde “vale o escrito”. Brincadeirinhas a parte, o grosso do problema, com todo o respeito, virá depois, caso seja comprovado o malfeito do “escrito”, pois caberá ao “pai” o ônus dessa f3@# - dessa prova.
Tava jogando sinuca
Uma nega maluca me apareceu
Vinha com um filho no colo
E dizia pro povo
Que o filho era meu
Toma que o filho é seu, não senhor...
Guarda o que Deus lhe deu, não senhor...
Versos da musica “Nega Maluca” de Evaldo Ruy e Fernando Lobo - Relembre clicando aqui

Após uma intensa pressão nos bastidores, o projeto de lei complementar que define novas regras para a criação de municípios foi aprovado pelo Senado. A proposta abre a possibilidade de criação de pelo menos novos 180 municípios, que poderão se juntar aos 5.578 existentes no País... A proposta não define o valor a ser gasto para a adoção das novas estruturas administrativas, que vão abrigar prefeitos, vereadores e servidores municipais. Estimativas não oficiais, contudo, apontam cerca de R$ 9 bilhões em novos gastos - Leia - É claro que “A proposta não define o valor a ser gasto para a adoção das novas estruturas administrativas”, pois dinheiro não é problema. O povo paga, né mesmo?

Acho - assim mesmo na primeira pessoa do gerúndio passivo do verbo eu sou um babaca - que tudo que envolvesse o meu, o seu o nosso dinheiro - principalmente com uma cifra com tantos zeros (R$ 9 bilhões), o povo deveria ser consultado... he he, desculpa deve ser efeito dos remédios que tenho tomado para os nervos, nos últimos dez anos. Não insistirei mais neste assunto. Prometo. 


O ex-presidente Lula da Silva foi chamado a depor como testemunha em apuração do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios que trata sobre suposto caixa dois na campanha presidencial do PT em 2002. A informação foi divulgada nesta teça-feira (15) pelo jornal "Folha de S.Paulo" e confirmada pela assessoria do MP. A investigação foi aberta após declarações de Marcos Valério à Procuradoria Geral da República, em setembro do ano passado, após sua condenação STF como operador do mensalão no julgamento do caso. Na ocasião, Marcos Valério disse que o ex-presidente Lula sabia do esquema de compra de votos no Congresso e que se beneficiou das fraudes. Procurada pelo G1, a assessoria do ex-presidente disse que ele não comentaria o convite para depor. Leia

Fontes seguras me confirmam que Lula pretendendo encerrar por vez esta pendenga e para tal preparou um grand finale, convocando, como suas testemunhas, o mago Merlin, como conselheiro; Pinóquio como seu relator e o Chapeleiro Maluco, de Alice no país das Maravilhas, para dar, digamos, coerência ao grupo. Segundo a mesma fonte, Papai Noel também teria sido convocado, mas recusou alegando estar muito atarefado para o Natal.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

“Em qualquer feijoada sempre haverá aquele grão de feijão que, independente da vontade do cozinheiro, pulará fora da panela”. Antônio de Pádua

Trabalhadores da Petrobrás e suas subsidiárias entraram em greve na noite desta quarta-feira, 16. Eles pedem a suspensão do leilão de Libra, o primeiro do pré-sal sob o regime de partilha, marcado para 21 de outubro, segundo a (*)FUP. A greve, aprovada por tempo indeterminado, quer impedir que os campos sejam gerenciados por empresas privadas. "Os petroleiros exigem a suspensão imediata do leilão de Libra, a maior e mais importante descoberta de petróleo dos últimos anos, que o governo pretende ofertar às empresas privadas no próximo dia 21", diz a nota. Leia

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta quinta-feira (17) que a presidente Dilma Rousseff assinou um decreto que autoriza o envio de tropas do Exército para reforçar a segurança do leilão do Campo de Libra, no Rio de Janeiro. Além das tropas do Exército, também participarão homens da Força Nacional de Segurança, da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Leia

Queremos trazer o Congresso, a sociedade civil, os movimentos sociais para fazer um debate sobre Libra. É uma área que possui uma reserva comprovada de 15 bilhões de barris, segundo estudos internos da ANP. É um absurdo vender isso. O governo afirma que vai investir em educação e saúde, e que vai arrecadar R$ 15 bilhões com o leilão. Mas isso é uma gorjeta perto da riqueza que existe no campo. A sociedade não participou do debate sobre o tema. Nossa tentativa é sensibilizar o governo para negociar e discutir, afirmou Francisco José de Oliveira, diretor da FUP - Federação Única dos Petroleiros.  Leia a notícia na íntegra

“Muito estará em jogo nesta segunda-feira, nos 30 minutos estimados para o leilão de Libra, o maior campo de petróleo no pré-sal brasileiro. O Ministério da Fazenda está de olho nos R$ 15 bilhões de bônus de assinatura para melhorar o superávit primário. A China, com três estatais, poderá estar em consórcios diferentes porque uma das empresas, a Sinopec, associou-se à Repsol...” Por Mirian Leitão. Confira

O leilão da área de Libra... contará com a participação maciça de estatais. Das onze companhias habilitadas, nove pertencem ao governo, incluindo a Petrobrás. Por isso, de acordo com especialistas do setor, o certame é visto com preocupação. Segundo eles, o fato dessas dez companhias estrangeiras serem controladas por governos pode trazer riscos ao desenvolvimento do megacampo de petróleo e para a Petrobras, que terá uma participação mínima obrigatória de 30% no consórcio vencedor - Leia – e o pior é o seguinte, já cantaram a pedra que somete um consórcio, envolvendo a Petrobras e um grupo chinês, irá participar deste, suspeito, leilão. Quem sobreviver verá. 

Nessa greve o buraco é mais embaixo – abaixo dos 3 mil metros. O Q&M preocupado com a profundidade deste imbróglio solicitou a Alzira Esmeralda, nossa “taorista” e cigana oficial, um Mapa Astral de Libra, para o mês de Outubro, que aí vai, em primeira mão: O mês de outubro começa tenso. O Sol e logo depois a Lua nova ativam a quadratura entre Urano e Plutão que, desde o ano passado, está exigindo mudanças profundas na organização hierárquica que rege o mundo. É tempo de deixar de lado velhos preconceitos ou atitudes mesquinhas que não deixaram que percebesse o verdadeiro valor de pessoas que estão muito perto de você. Ao final, nossa amiga Alzira, me tuita: “Fraternal compañero Dantas, usted sabe que no creo en brujas, pero que las hay, las hay, así es bueno que todo el mundo tenga cuidado”. Besos, Esmeralda.

A manifestação contra o uso de animais em pesquisas científicas do Instituto Royal, em São Roque, neste sábado (19), terminou em confronto com a Polícia Militar e a Tropa de Choque. Pelo menos quatro pessoas foram detidas e duas foram liberadas após pagamento de fiança. Dois jovens foram identificados como responsáveis por depredar uma viatura da Polícia Militar e veículos da imprensa. Eles foram indiciados por dano qualificado e ao patrimônio. Confira

Um protesto on-line pode ter efeitos mais duradouros que um protesto físico, já que informações expostas na rede podem ficar disponíveis para sempre enquanto danos materiais podem ser consertados. A opinião é do especialista Anchises Moraes, que atua como analista de inteligência em ameaças na empresa de segurança RSA. [...] Quem está na rua usa as redes sociais pra divulgar o que está na rua, para fugir dos filtros da mídia, da censura, do controle da informação. Mas é comum que pessoas que não estejam participando fisicamente do protesto se aproveitem da comunicação nas redes sociais pra ajudar a divulgar, de certa forma, o protesto, porque muita gente não participa porque não quer, porque tem medo, ou porque não pode por morar em outra cidade, outro estado, explica Moraes. Confira

Esta semana o Q&M dispara duas campanhas. A primeiraEu quero um vandalismo pra chamar de meu”, cujo o planejamento básico estratégico é o seguinte: convocar pelo face/twitter umas pessoas afins sei lá de que. Combinar horário pra fechar uma avenida ou rua principal do seu bairro ou mesmo da cidade e esperar a PM chegar pra quebrar o pau (estamos abertos a sugestões). A segunda campanha está inserida no post abaixo.


Acabou a comida na casa do presidente do Senado, Renan Calheiros. A suspensão de uma licitação superfaturada para abastecer a residência oficial com uma quantidade de comida suficiente para alimentar um batalhão, no dia 2 deste mês, vem obrigando Renan, a mulher Verônica Calheiros e os dois filhos a comer fora ou na casa de amigos desde o início da semana. A licitação preparada pelo setor ligado à Diretoria Geral da Casa previa, entre outros itens da boa gastronomia, 25 quilos de camarão vermelho grande, 20 quilos de frutos do mar, 1,7 tonelada de 33 tipos diferentes de carnes, sendo 100 quilos de filé mignon, além do trivial arroz e feijão. Por seis meses, a licitação tinha um custo orçado em R$98 mil.

Mesmo assumindo que a licitação estava superfaturada pela assessoria de Renan, os R$ 98 mil por seis meses ainda está muito abaixo dos R$ 290 mil pagos pelo Senado no ano passado para abastecer a residência quando estava lá o ex-presidente José Sarney. Com residência própria em Brasília, Sarney nem ocupava permanentemente a residência oficial .

"Renan está almoçando no restaurante do Senado, pagando do próprio bolso. Sua esposa também está comendo fora. A licitação vai ser redimensionada para eliminar itens superfaturados e supérfluos. Também vai haver corte na quantidade de camarão e outros itens. A ideia é cortar mais da metade do custo antes previsto e adequar as quantidades apenas para o presidente e sua esposa. Os servidores não mais farão suas refeições no local, porque recebem ticket alimentação", informou a assessoria de Renan. O Globo

Não sei o que é pior, se a “licitação superfaturada” ou a nota da “assessoria de Renan” justificando o injustificável. A coisa é tão absurda que a gente fica assim meio que... sei lá.  Mas meu medo maior - tomara que não - é que, de tanto os caras insistirem, nos acomodemos a esta esbórnia democrática, achando tudo isso muito normal.

Para que isso tenha um “basta” é necessário uma campanha nacional (no mesmo mote da campanha “Ser diferente é normal” - que foi um sucesso), veiculada em todas as mídias, em todas as “alcovas, em versos e trovas, no breu das tocas, nas cabeças, nas bocas, bem alto nos botecos, gritada nos mercados, na romaria dos mutilados, no dia a dia das meretrizes, no plano dos bandidos, em todos os avisos, em todos os risos, em todo o repicar dos sinos, que o quem não tem governo, o que não tem vergonha, nunca terá”(*), mas que mesmo assim, isso tem cura, pois Ser corrupto não é normal. (*) Colagem sobre os versos da música “O Que Será (A Flor da Terra)” de Chico Buarque.

Nota estatística de rodapé: O diretor de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, Oslain Santana, terceiro na hierarquia da instituição e tradicionalmente avesso a declarações públicas, afirma que pelo menos metade dos casos de corrupção tem relação com financiamento de campanhas eleitorais. Ele coordenou todas as grandes operações de combate contra fraudes em licitações, superfaturamento de contratos e contratação de ONGs de fachada desde 2011. Confira

Faltou dizer que os outros 50% são casos de corrupção que tem relação com aqueles que foram eleitos. 



Alguém disse que “uma vida intensa abreviou sua morte”.
Mas o que a morte perante a intensidade da vida deste poeta?
Antônio de Pádua

Nas entrelinhas das biografias


A jornalista Barbara Gancia, uma das apresentadoras do “Saia Justa” e colunista do jornal Folha de São Paulo, rebateu as declarações de Paula Lavigne. Para Barbara, questionar a publicação de biografias já é uma forma de censura contra as conquistas democráticas. “Você não pode regulamentar a arte, você não pode regulamentar a palavra. Você tem que deixar fluir”, disse ela. Ainda segundo Barbara, a lei deve garantir a liberdade de expressão acima de tudo e, em caso de abusos, a Justiça entra em cena. “Se você não gosta de alguma coisa que eu escrevi, você chama seu pai e me processa”, disse a jornalista à Paula Lavigne, fazendo, em tom de brincadeira, referência ao pai da empresária, o advogado Arthur Lavigne. Leia mais e veja o vídeo

Chico Buarque - Nos anos 70 a TV Globo me proibiu. Foi além da Censura, proibiu por conta própria imagens minhas e qualquer menção ao meu nome. Amanhã a TV Globo pode querer me homenagear. Buscará nos arquivos as minhas imagens mais bonitas. Escolherá as melhores cantoras para cantar minhas músicas. Vai precisar da minha autorização. Se eu não der, serei eu o censor”.

Ana de Hollanda - Ao contrário do irmão Chico, a ex-ministra da Cultura Ana de Hollanda é contra a necessidade de autorização para publicar biografias: “Afinal, sou filha de um historiador”, diz a filha de Sérgio Buarque de Holanda. Ana lembra que sua posição é antiga e que apoiou o projeto do então deputado federal Antonio Palocci que impede a censura a biografias. Ancelmo Gois/O Globo

Glória Perez - O pessoal do Procure Saber cita Glória Perez, dia sim, outro também, para justificar sua posição contra biografias não autorizadas. Glória tirou das livrarias “A história que o Brasil desconhece”, de Guilherme de Pádua, assassino de sua filha. Ontem, no seu Twitter, a querida novelista desmentiu a notícia de que tinha se oferecido para ajudar o grupo, indo a Brasília conversar com a ministra Cármen Lúcia, relatora da Adin contra a proibição. Diz ela... Ainda no Twitter, Glória manifestou seu dilema nesta questão: — Não há democracia sem liberdade de expressão e sem direitos individuais. Conciliar esses direitos é a questão. Ela também aplaudiu Joaquim Barbosa, que é contra a censura de biografias “desde que a indenização seja tão pesada quanto é nos outros países, em caso de abuso”. Ancelmo Gois/O Globo

      
Chico Buarque se manifestou nesta quinta-feira a respeito da polêmica envolvendo seu texto na coluna do jornal O Globo, no qual criticou as biografias não autorizadas e afirmou nunca ter dado entrevista a Paulo César de Araújo, autor de Roberto Carlos em detalhes. Ainda na quinta, o biógrafo respondeu com artigo, foto e vídeo comprovando que a entrevista de fato aconteceu em 1992... mas em uma carta publicada nesta quinta-feira (17), no site do jornal O Globo, Chico Buarque pede desculpas a Paulo Cesar de Araújo. L AN”publicado em O Globo.com

Eric Clapton – Em sua autobrigrafia, lançada no Brasil em 2007, recorda, dentre outros alguns causos cabeludos, histórias de Mick Jagger (que roubou sua namorada, uma modelo franco/italiana); sobre os Beatles e tantas e tantas outras celebridades ligadas principalmente à música. Porém dois affair se destacam no livro: com Carla Bruni (que era a tal modelo franco/italiana de Mick Jagger e, logo depois,  com Pattie Boyd, que se uniu a Clapton depois de sua separação do beatle George Harrison.

O relacionamento com Pattie Boyd – que foi sua musa inspiradora pelo menos em duas canções famosas Layla e Wonderful Tonight - viria a ter um triste fim: Clapton contou que em um domingo de manhã, numa banca perto de sua casa, viu que os jornais ingleses haviam publicado trechos da recém lançada autobiografia de Pattie, "Wonderful Tonight". A manchete da primeira página: "O alcoolismo de Eric Clapton destruiu meu casamento"...

Mas, o importante deste post é que, passados esses anos todos nem Mick Jagger, nem George Harrison, muito menos Carla Bruni, que anos depois (2008) se tronaria madame Sarkozy, e primeira dama da França saíram por aí recolhendo a autobiografia de Clapton. E nem mesmo Clapton fez o mesmo com a autobiografia da sua “ex” Pattie Boyd. Essa nota eu não copiei de ninguém, muito menos alguém me contou... li o livro. CDantas

Leonel Brizola - De Lyla Brizola, neta de Leonel e filha de Neuzinha, ontem no Facebook, sobre a polêmica das biografias."Como herdeira de personalidades biografáveis, estou de acordo com a Paula Lavigne. Não autorizo biografia da minha mãe ou do meu avô. Então se você está pensando em fazer livro biográfico, filme, mine-série (sic), etc sobre meu avô Leonel Brizola e minha mãe Neuzinha Brizola é necessário, sim, a minha aprovação e dos outros herdeiros," Ancelmo Gois/O Globo
                                           
Marco Aurélio Mello - Perto de ser julgado no STF, o caso sobre as biografias não autorizadas vem sendo discutido na esfera jurídica por advogados e até por ministros do Supremo. Depois de Joaquim Barbosa, declarar que considera a “liberdade total de publicação” como o ideal para o Brasil, agora é a vez de o ministro Marco Aurélio Mello declarar que o texto do Código Civil pode levar à censura prévia. “É o Código Civil de 2002, e já sob os ares democráticos da Constituição de 1988. Soube que um jurista baiano, Caetano Veloso, está excomungando uma máxima, a de que é proibido proibir. Agora, em pleno século XXI...”, disse o ministro. Acredita que a pessoa pública abdica de sua privacidade ao assumir essa condiçãoe acrescentou: “De início abdica. Mas essa é uma matéria em aberto, nós ainda vamos decidir a respeito. Não estou adiantando meu ponto de vista. Agora, o que eu sempre digo é que o homem público é um livro aberto”. Confira

Caso esse imbróglio persista ad æternum, a Bíblia corre o risco de ser retirada de circulação por algum herdeiro de Ismael, primeiro filho a Abraão – e a gente sabe que essa família é grande – alegando que o Livro contem citações que denigrem a imagem de sua mãe e a honra de sua ancestralidade.

Como todos estão cansados de saber, Sara, que era meia-irmã e mulher de Abraão (o pai da raça hebraica), também era estéril. Como queria/precisava ter um filho deu licença a Abraão para gerar um filho com sua serva egípcia Hagar (ou Agar). Hagar então gerou a Ismael, considerado pelos muçulmanos como o ancestral dos povos árabes. Depois nasceu Isaque (1), o herdeiro legítimo de Abraão, que seria o pai de Jacó, do qual nasceriam as doze tribos de Israel, formando depois a maior nação daquele tempo em matéria de prestígio e riqueza, sob o reinado de Salomão. (1) - O texto bíblico informa que Isaque nasceu de Sara e Abraão quando este já tinha oitenta e seis anos.  


É claro que essa família não poderia dar certo e o pau come solto na casa de Noca, Ops!, na casa de Abraão desde da primeira festa de Natal, onde, em um dado momento, alguém ainda sóbrio perguntou o que comemoravam, pois Jesus de Nazaré ainda não havia nascido. Era a gota de vinho que faltava pra entornar aqueles ânimos. Foi um bafafá tão grande que dura até os tempos atuais... mas isso é assunto pra outra prosa. Aliás e a despropósito: Hagar foi a primeira barriga solidária que se tem notícia na história bíblica da humanidade. (*)Pesquisa Q&M

E pra encerrar esta prosa, antes que vire um tratado sobre biografias, ninguém melhor que Carla Bruni, cantando “Chez Keith Et Anita” música que fez em homenagem a seus amigos, Keith Richards, guitarrista dos  Rolling Stones e Anita Pallenberg sua “ex”. Na verdade Anita foi “parceira” da banda, pois antes de Keith, ela havia ficado com Brian Jones (também guitarrista e um dos mentores da banda)... além de ter tido um caso com Mick Jagger. Essa Anita, comprovadamente, era poderosa. Mas chega de fofoca e vamos ao que interessa: Carla Bruni cantando Chez Keith Et Anita

Pra esta postagem virar um encarte da revista “Caras” só faltou mesmo falar de “Identidade Frota - A estrela e a escuridão”, biografia autorizada, de Alexandre Frota, mas achei que seria falta de respeito com a turma deste blog, né não?