*Não fosse o amanhã, que dia agitado seria o hoje!

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Entre linhas & artimanhas

A Bahia me deu, a Bahia me deu os votos para me eleger presidenta da República. Foram 54 milhões de votos em todo o Brasil. Mas a Bahia me deu, desses milhões de votos, seguramente uma parte muito grande deles. Então, eu tenho esse carinho, esse agradecimento pela Bahia. Além disso, a Bahia me deu também, naquele domingo, dia 17, através da sua bancada, o maior número de votos por estado da Federação. Então, agradeço também aos 24 deputados federais que tiveram a coragem e a dignidade de votar contra o golpe”, Dilma Rousseff, nesta terça-feira, [26], em outra discurseira do programa Minha Casa, Minha Vida, espalhando a suspeita de que, depois de despejada do Planalto, planeja candidatar-se a presidente da República da Bahia - Augusto Nunes/Veja

     
Nas entre linhas - O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou nesta terça-feira (26) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contou estar preocupado com os desdobramentos do processo político. Na chegada a seu gabinete, após se reunir durante uma hora e meia na residência oficial do Senado com Lula, Renan destacou que o ex-presidente não classificou o impeachment da presidente Dilma Rousseff - em tramitação no Senado - como um "golpe".
Segundo o peemedebista, Lula disse acreditar muito no Brasil, que o País é maior do que a crise, e o ex-presidente se mostrou disposto a colaborar com saídas. Na entrevista, Renan afirmou ter reforçado a Lula que, como presidente do Senado, atuará de forma "inafastável" com isenção durante a tramitação do processo - Confere lá èInintendível este “inafastável”, mas o perguntável é: Quando Lula disse a Renan que não classifica o impeachment da presidente Dilma Rousseff - em tramitação no Senado - como um “golpe” e quer colaborara com “saídas”, você acha que ele quis dizer exatamente o que?:
1.”Companheiro Renan, pra mim a companheira presidenta já está saível”
2.”Companheiro Renan, diga logo qual o pixuleco pra que eu possa apoiar o “tchau querida!”
3.”Companheiro Renan, pra eu ser presidente, seja já ou em 2018, engulo qualquer coisa, até o seu inafastável”
4.”Companheiro Renan, quer comprar um sítio, que não é meu, em Atibaia? É pexinxável”
5.Todas as respostas acima.
6.Nenhuma das opções acima. Lula é o homem mais honesto que existe esse blog só tem coxinhas.
7.Não entendi. Dá pra repetir?

SOCORRO! - Eduardo Cunha poderá assumir a Presidência da República em pelo menos quatro oportunidades até o fim do ano, caso a abertura do impeachment de Dilma Rousseff seja aprovada pelo Senado nas próximas semanas e Michel Temer viaje para o exterior para compromissos diplomáticos. A primeira vez seria logo em junho, quando deve ocorrer a Cúpula do Mercosul, em Assunção.
Em setembro, Temer teria outros dois compromissos: a Cúpula do G-20, na China, e a Assembleia Geral da ONU, em Nova York — um evento que dificilmente Temer perderia, já que é o presidente brasileiro que tradicionalmente faz a abertura da reunião. No mês seguinte, Cunha também assumiria, já que Temer teria que viajar para a Cúpula dos Brics, na Índia. É a escalada de Eduardo Underwood Cunha a todo vapor. CONFERE LÁ
No mais: O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), nomeou a mulher Carolina de Oliveira Pereira Pimentel para o cargo de secretária de estado de trabalho e desenvolvimento social.  A decisão saiu publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial do Estado. Pimentel e a mulher são investigados pela Operação Acrônimo que apura esquema de corrupção envolvendo o BNDES na época em que o petista comandou o ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio no governo Dilma. Com a nomeação da mulher, Pimentel garante a Carolina foro privilegiado. CONFERE LÁ
Nota de rodapé - Ao nomear Carolina secretária, o governador Fernando Pimentel vai muito além do nepotismo. Ele está obstruindo a Justiça, assim como Dilma tentou fazer com Lula. Alguém precisa ir aos tribunais superiores contra essa vergonha. Site O Antagonista quinta/28

Xô!
  
Claudio Paiva/O Globo
Dilma Rousseff não enfrentou tempo fácil na entrevista com a bam-bam-bam da CNN, Christiane Amanpour, gravada hoje [quinta, 27] e que vai ao ar na quinta-feira. Uma amostra da conversa, divulgada no Twitter da repórter, mostra a presidente contra a parede. A pergunta, por si, é um cruzado de direita:
Não há jeito fácil de fazer a pergunta: a senhora foi considerada uma das piores líderes do mundo, sua popularidade hoje está abaixo de 10% – e isso é muito, muito baixo –, o impeachment passou no Congresso por uma maioria ampla que surpreendeu até mesmo seus apoiadores, você não parece ter muitos amigos no Congresso. Você acha que vai sobreviver ao impeachment no Senado?”
Dilma ensaia uma resposta dizendo que popularidade não é razão para impeachment e que os líderes do processo na Câmara têm diversas acusações de corrupção, ao que é cortada: “Eu entendo o que você está dizendo, mas você acha que vai sobreviver?”. Ao que parece, o clima entre a imprensa internacional não está tão favorável quanto o governo tenta fazer crer. CONFERE

quinta-feira, 28 de abril de 2016

O pós-pré-sal

Quando nossas ideias se chocam com a realidade, o que tem de ser revisado são as ideiasJorge Luis Borges escritor argentino

   Colagem sobre a charge publicada no jornal britânico Financial Times
    
#vempropós-pré-sal, no Piauí - Os moradores do povoado Salgado, a 42 km da zona urbana de Dom Inocêncio, no semiárido piauiense, até hoje esperam pela conclusão de uma obra iniciada há 10 anos e avaliada em mais de R$ 143 mil. A construção do mercado público, prevista para movimentar o comércio local, teve apenas as paredes levantadas e parte do telhado instalado, mas nunca foi concluída.
No dia 4 de agosto de 2006, o Diário Oficial do Piauí publicava o extrato de contrato entre o governo do estado e uma empresa de engenharia para a construção do mercado público na localidade. Passada uma década, a obra permanece inacabada e o que foi erguido está desmoronando e sendo consumido pela ação do tempo.
"É um povoado importante para a região e não tem um espaço para fazer a feira pelo menos uma vez na semana. O objetivo era usar o mercado para os comerciantes e produtores comercializarem seus produtos e ajudar a desenvolver essa região e as comunidades que ficam próximas, pois ele não beneficiaria somente o Salgado. A obra está parada, toda deteriorada e não tem 50% feita", falou o morador Ângelo Oliveira. Indigne-se na íntegra
#vempós-pré-sal, em Pernambuco - A diretoria da – Anal, ops!, Aneel - Agência Nacional de Energia Elétrica,  autorizou nesta terça-feira (26) aumento médio de 9,99% na tarifa de energia dos clientes da Companhia Energética de Pernambuco. O reajuste começa a valer na próxima sexta-feira (29)... Vale ressaltar que neste mês de abril não serão cobradas as bandeiras tarifárias. Ou seja, está em vigor a bandeira verde. CONFERE LÁ
#vempós-pré-sal, no Rio - O pagamento do salário atrasado de inativos e pensionistas deve ser feito apenas após o arresto nas contas do Estado do RJ, conforme informou o secretário da Casa Civil do Rio de Janeiro, Leonardo Espíndola, na manhã desta terça (26) em entrevista ao Bom Dia Rio. Na segunda (25), os desembargadores do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio decidiram suspender liminarmente o decreto estadual 45.628/16, que adiou para maio o pagamento dos salários de março a aposentados e pensionistas... Quase 140 mil  servidores inativos e pensionistas que ganham mais de R$ 2 mil por mês ainda não receberam o pagamento referente a março. CONFERE èDe Salgado no Piauí a Mirim Doce em de Santa Catarina; de Feliz do Deserto em Alagoas a Feliz no Rio Grande do Sul... do Oiapoque ao Chuí... vixe! tá tudo dominado Tá tudo no sal!

Os nobres companheiros do MSV - Começou na terça-feira (26) a 14ª edição da Marcha dos Vereadores. A cerimônia de abertura ocorreu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, onde haverá durante a semana palestras e fórum de debates. O evento anual, organizado pela União dos Vereadores do Brasil, conta com 1,3 mil participantes inscritos, sendo 900 vereadores das cinco regiões do País.
Os vereadores se encontraram em Brasília por ser o centro administrativo do País. Entre as reivindicações está a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição nº 172, de 2012, conhecida como pacto federativo. A matéria de autoria do deputado federal Mendonça Filho (DEM-PE) proíbe a União de impor ou transferir encargos ou prestações de serviços às unidades da Federação e aos municípios sem a previsão de repasses financeiros... Ria/Chore na íntegra
Folhão - "A difícil situação fiscal dos Estados não pode ser atribuída única e exclusivamente à dívida com a União. O descontrole nas despesas com pessoal representa, como se viu, o principal fator de estrangulamento dos Estados É a despesa com pessoal que contribui significativamente para a deterioração das contas públicas estaduais", trechos da “nota técnica” divulgada esta semana pelo Ministerio da Fazenda - leia-se Nelson Barbosa - CONFERE
Nota de rodapé: MSV – Movimento dos Sem Vergonha.

ANGU de CAROÇO - A Advocacia-Geral da União – AGU [leia-se José Eduardo Cardozo], enviou à Câmara dos Deputados uma petição em que pede a anulação da sessão do plenário da Casa que aprovou a continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, no último dia 17. A AGU quer que a denúncia, em tramitação no Senado, retorne à Câmara para nova votação.
É um recurso que aponta nulidades do julgamento. Vamos ver o que o presidente da Casa fará. O primeiro argumento é que tivemos ali fechamento de questões por partidos, e há uma jurisprudência inclusive da Corte Interamericana de Direitos Humanos que diz que isso não pode acontecer em julgamentos realizados no âmbito do Legislativo” afirmou o Caroço, ops!, o Cardoso – Confira na integra èUma coisa a gente tem que admitir: o Cardozo é chato pra casete, né não? Parece aqueles cobradores de dívidas quem batem à porta dos credores, todos os dias da semana, cobrando os títulos vencidos. Mas a gente entende, Dilma é um angu de caroço e transformou a AGU na AGA – Advocacia Geral do Angu-de-Caroço. 

Uma nota: Desculpem-nos por tantos “ops!”, mas é que nosso copydesk foi demitido, depois de ter sido flagrado no banheiro da redação, assistindo ao vídeo “Bang”, da Anitta. Até que era um bom funcionário, cumpridor dos seus deveres, mas tudo tem um limite.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

No meio do caminho tinha um molusco(1)

O golpe à imagem do Brasil é a corrupção na Petrobras. Um golpe à imagem do Brasil é um presidente que não cumpre a lei. Um golpe contra o Brasil é a crise econômica que está sendo provocada por este governo inepto e corrupto, isso sim é um golpe contra o Brasil. E quem está pagando? Os brasileiros. A origem deste comportamento irresponsável da presidenta Dilma Rousseff...senador Aloysio Nunes em entrevista ao El País, sexta 22

Flagrante do exato momento em que o molusco e sua criação
iniciavam o processo de naufrágio da petroleira brasileira
   
A mão que embala o berço rouba o nosso bolso(2) - A Petrobras é alvo de denúncia no Ministério Público do Trabalho do Rio em razão do plano de demissão voluntária de 12 mil trabalhadores. A denúncia questiona os riscos gerados à operação das atividades petrolíferas da empresa com a saída de funcionários efetivos e o aumento da terceirização das atividades-fim da estatal. Anunciadas no início do mês, as demissões integram o enxugamento da estrutura administrativa da empresa...
"Não há dúvida de que as demissões comprometem a segurança das atividades, sobretudo nas áreas operacionais. A terceirização já está em curso. Nas plataformas afretadas a tripulação é estrangeira, por exemplo. Isso deve piorar. Um PDV desse porte não pode ocorrer sem negociação", avalia o diretor da Federação Única dos Petroleiros (FUP), José Maria Rangel. Leia na íntegra
Notas de rodapé:
(1) – O titulo deste post é uma colagem da famosa frase de Carlos Drummond de Andrade na poesia “No Meio do Caminho”, que reza: No meio do caminho tinha uma pedra; tinha uma pedra no meio do caminho...
(2) - Em verdade vos digo: a frase correta é: “A mão que embala o berço governa o mundo” de Abraham Lincoln, mas trocamos “governa o mundo” por “rouba o nosso bolso”, pois faz mais sentido à realidade do limitado mundinho em que vivemos.

Magoou - A cerimônia de comemoração aos 25 anos do Mercosul começou nesta segunda-feira com um mal-estar entre a delegação brasileira e o presidente do Parlasul, o argentino Jorge Taiana. Compondo uma delegação de catorze representantes ao evento, realizado no Uruguai, os parlamentares brasileiros foram posicionados nas últimas cadeiras, atrás mesmo dos assessores técnicos das demais delegações... O lugar reservado à delegação foi visto como uma retaliação por parte do presidente do Parlasul, que nos últimos dias classificou o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff como um "golpe parlamentar", comparando-o à destituição de Fernando Lugo, ex-presidente do Paraguai, e ainda afirmou que a ação é um esforço da direita para desestabilizar o governo e evitar o retorno de Lula à Presidência em 2018. CONFERE

Pesquisa1 - Pesquisa Ibope realizada de 14 a 18 de abril mostra que 62% dos entrevistados preferem novas eleições presidenciais. Foram ouvidas 2.022 pessoas em 142 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Segundo os entrevistados, a melhor forma de superar o momento de crise política seria:
62% - Dilma e Michel Temer saírem do governo e ocorrerem novas eleições para presidente
25% - Dilma continuar seu mandato com um novo pacto entre governo e oposição
08% - Dilma sofrer impeachment e o vice-presidente Michel Temer assumir a presidência
03% - Não sabe/não respondeu
02% - Nenhuma dessas/outra

O Ibope também perguntou com qual das frases o entrevistado está mais de acordo:
40% - A democracia é preferível a qualquer outra forma de governo
34% - Para as pessoas em geral, dá na mesma se um regime é democrático ou não
15% - Em algumas circunstâncias, um governo autoritário pode ser preferível a um governo democrático
11% - Não sabe/não respondeu

Pesquisa publicada no G1, segunda 25 - CONFERE
Pesquisa2 - Ninguém se salva: 65% dos eleitores rejeitam Lula. É o resultado da mais recente pesquisa do Ibope, citada por José Roberto de Toledo, do Estadão. Os adversários de Lula não podem comemorar: Aécio Neves e Geraldo Alckmin são rejeitados por 53% dos eleitores; José Serra, por 54%; Marina Silva, por 46%. Apesar disso, 62% dos brasileiros querem eleger já um novo presidente. Uma impossibilidade, de acordo com a lei. O Congresso Nacional terá dois anos para mudar a lei - Fonte “O Antagonista” - Enviado por Cacau Quil

terça-feira, 26 de abril de 2016

Especial Q&M: "A posse de Milena Santos"

A “Primeira Dama do Ministério do Turismo do Brasil"

  
Seria hilário se não fosse extremamente triste: A posse do novo ministro do Turismo do governo Dilma Rousseff, Alessandro Teixeira, na última sexta-feira (22/4), ganhou fotos e elogios animados da mulher do político, Milena Santos, eleita ex-Miss Bumbum, nos Estados Unidos, em 2013. Ativa em redes sociais, até pelo trabalho como modelo, Milena postou imagens do marido no gabinete e se proclamou "a Primeira Dama do Ministério do Turismo do Brasil".
"Não é a toa que ao lado de um grande Homem, existe sempre uma linda e poderosa mulher", escreveu Milena. Além de Miss Bumbum, Milena foi vereadora na Bahia e mantém suas postagens nas redes sociais alimentadas com temas políticos na mesma proporção em que exibe imagens malhando na academia.
Por meio da assessoria, o Ministério do Turismo explicou o episódio. "O ministro repudia a exposição dele e da esposa, como também o resgaste de fotos antigas. As postagens são na rede social privada dela e que mostram a intimidade de um casal apenas." – Clique aqui e confira a galeria de fotos da posse da Primeira Dama - èComo disse Joaquim Barbosa, dias atrás, sobre a votação do impeachment na Câmara dos Deputados: "É de chorar de vergonha! Simplesmente patético! Anotem: teremos outras razões para sentir vergonha de nós mesmos em toda essa história

Mesmo um meliante, pra ter sucesso, é preciso se esforçar

Organizem eleições, e deixem que o povo resolva. Deem ao povo a oportunidade de encontrar a solução. Eu já propus que a solução seria uma transição conduzida pela própria presidente, mas acredito que ela já perdeu o timingJoaquim Barbosa em palestra de abertura do Simpósio da Unimed em Florianópolis,  sexta-feira (22)

   
Cena europeia - Um inquérito conduzido na Alemanha mostrou que, assim como a Volkswagen, a Fiat também pode ter usado um software para fraudar testes de emissões de poluentes em seus veículos. Segundo o jornal alemão “Bild am Sonntag”, as autoridades registraram níveis irregulares de poluentes em modelos da montadora italiana, em testes mais longos que os normalmente realizados. Leia na íntegra
Cena carioca - Um motorista parou para abastecer, quarta passada, em um posto perto do Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, em São Cristóvão, na Zona Norte. Como o estabelecimento não tinha bandeira, o do volante perguntou ao frentista:
-A aditivada está a R$ 3,75?
-Sim.
-Mas ela é confiável?
E o funcionários, com a sinceridade que falta aos nossos políticos:
-E quem hoje em dia é?
Pano rápido - ANCELMO GOIS/O GLOBO, DOMINGO 24
Cena à brasileira: Lava Jato descobre que a estatal Sete Brasil foi criada para ajudar na corrupção. Nova denúncia do MPF afirma que objetivo da empresa era ser uma filial do petrolão, o esquema de corrupção que desviou bilhões da Petrobras. CONFERE NA ÍNTEGRA èMinha gente cadê o fundo desse poço? Parece uma teoria da física quântica.
Cena doméstica - É um bando de político em prol de si mesmo. É uma luta entre partidos, e não pelo povo" èAté aí tudo bem. Nenhuma novidade, a não ser pela autora da frase: Janine Salles, mulher do deputado federal Leonardo Picciani (PMDB-RJ). Até a postagem deste blog Janine e Leonardo continuavam dividindo o mesmo, digamos, teto - Enviado por Cacau Quil

Fera, odiado e do mal - Até para triunfar no posto de político mais odiado do Brasil é preciso algum esforço. Nos ventos da crise, o deputado Eduardo Cunha, 57 anos, eleito com 233 mil votos, pelo PMDB do Rio de Janeiro, é o campeão inconteste nesse quesito - daí o título que VEJA traz na capa desta edição: #Fera, Odiado e do Mal. Fera por sua capacidade incomparável de ir em frente com seus objetivos, mesmo que seja contra tudo e contra todos. Odiado porque a pesquisa mais recente do instituto Datafolha mostra que 77% dos brasileiros querem a cassação do seu mandato. E do Mal porque não param de aparecer depoimentos nos quais Cunha é apontado como um sujeito agressivo, capaz de inspirar medo em seus adversários. E #Fera, Odiado e do Mal, assim tudo junto, para fazer uma referência jocosa ao título "Bela, Recatada e 'do Lar' ", que VEJA publicou em reportagem sobre Marcela Temer, mulher do vice-­presidente Michel Temer - título que estourou na web, gerando memes absolutamente impagáveis. Leia na íntegra - CONFIRA èAliás, vale dar uma conferida no #belarecatadaedolar com uma seleção dos memes sobre a reportagem de VEJA, clica aqui e vai lá

Placar da Copa “Adeus querida!
terça 26, e a bola tá rolando nos gramados do Senado,
até o momento o placar acusa:
Coxinhas 39 X Mortadelas 21
E vamu que vamu, seja lá o resultado e as consequências deste clássico.
Fonte dos dados: Folha de São Paulo
Atualizado em: 25/04/2016  21h28
Aliás e a despropósito: O deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), que deu o voto decisivo a favor do impeachment na Câmara, virou celebridade entre empresários. Por onde andava em evento neste feriado, ouvia: “Olha lá o 342″, referência ao número limite para a abertura do processo na Casa. Coluna Painel/Folha no sábado (10) èDesconheço a ficha corrida do Bruno – é melhor nem conhecer, né não? - mas de qualquer forma ser identificado como “342” é bem melhor que “171”, rótulo que identifica a maioria de seus colegas. Agora é aguarda no Senado quem será o “41”.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Nem coxinha e nem mortadela, somos todos “bananeiros”

Pacto do Clima na ONU... Diz que a temperatura subiu dois graus no mundo. No mundo, porque no Brasil subiu uns 20 graus. A chapa da Dilma tá esquentando... e a Granda Chefa Toura Impichada em NY [insiste]: The golpe is on the table!José Simão/Folha

   
Apelou1 - "Está em curso no Brasil um golpe", disse a presidente Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (22/4), a jornalistas em Nova York, ressaltando que quer que o Mercosul e a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) avaliem o processo. CONFERE
Apelou2 - Dilma também falou sobre a hipótese de que seu mandato seja encurtado e haja eleições presidenciais ainda neste ano, como defende uma ala dentro do governo e no PT: "Não sou contra eleições de maneira alguma. Mas uma coisa é eleição direta com voto secreto das pessoas e o povo brasileiro participando. Agora, tem que ser me dado o direito de me defender. Eu não sou uma pessoa apegada a cargo. Não acuso ninguém que propõe eleição direta de golpista. Isso é outra discussão. Eu quero defender o meu mandato. Devo isso aos meus 54 milhões de eleitores" CONFERE DE NOVO – Lá pelo final dos anos 60 o guru, babulina, Jorge Ben, profetizava:
Olha a banana, olha o bananeiro...
O mundo é bom comigo até demais
Pois vendendo bananas;
ninguém diz prá mim,
vai trabalhar vagabundo.
Mãe, mãe, mãe; eu vendo banana mãe...
Mãe mas eu sou honrado mãe
Versos da música “Vendedor de Bananas” de Jorge Ben... Jor
Aliás e a propósito: “O cidadão é obrigado a viver em duas realidades. Vai para a rua pedir a saída de Dilma Rousseff e descobre que marchou com um cordão que blinda Eduardo Cunha. Vê que a ciclovia de São Conrado desabou, matando duas pessoas, e descobre que a obra ficou com a empreiteira da família do secretário de Turismo da cidade. Custou R$ 45 milhões, dez a mais do que o previsto, e teve oito aditivos. Rapidamente, o cidadão foi da oitava economia do mundo, sede das Olimpíadas, para a Terra dos Papagaios, uma república de bananas” – Trecho da crônicas “A Republica das Bananas” de Elio Gaspari/O Globo  - CONFERE

Lá, em Caracas — O governo do presidente Nicolás Maduro anunciou um racionamento no fornecimento de energia elétrica nos 10 estados mais populosos e industrializados do país, incluindo a região de Caracas. O país enfrenta uma grave crise no sistema energético, que corre o risco de entrar em colapso frente à forte seca que atinge a maior central hidroelétrica da Venezuela.
“Não houve consciência das pessoas na economia residencial, motivo pelo qual será necessário aplicar um plano de administração da distribuição sobre o qual darei os detalhes nos próximos quatro dias” anunciou o ministro de Energia Elétrica, Luis Motta Domínguez. CONFERE LÁ
Cá, em Rio - Um dívida de cerca de R$ 15 milhões levou a Light a cortar o fornecimento de energia elétrica para três unidades da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Às escuras desde segunda-feira, a Escola de Música e o Observatório do Valongo, ambos no Centro, e o prédio da Editora da UFRJ, no campus da Praia Vermelha, na Urca, passaram os últimos dias de portas fechadas. Foram suspensas todas as aulas e atividades de pesquisa. Funcionários, com exceção das equipes de segurança, receberam dispensa do serviço. De acordo com a reitoria, a decisão da concessionária pegou toda a comunidade acadêmica de surpresa, já que o pagamento das contas atrasadas estava sendo negociado... CONFERE LÁ
Alhures, em Sampa: O ator José de Abreu protagonizou uma discussão política na noite da última sexta-feira em um restaurante paulistano. Declaradamente petista, Abreu foi reconhecido e provocado por um casal de frequentadores do local, ao que respondeu com uma cusparada no rosto de cada um. CUSPA NA ÍNTEGRA èCuspite!, ops!, Caspite! Semana passada foi o deputado Jean Wyllys que cusparou o Bolsanaro e agora o Zé. Será uma nova tendência? Um estilo, digamos, mais sofisticado adotada pelos militantes petistas da ala dos “mais cultos”? Algo do tipo “Cuspi-lo por que qui-lo”, numa referência ao “Fi-lo por qui-lo” do Jânio Rousseff que, respeitando as devidas distâncias culturais, no quesito trapalhadas se assemelha muito a Dilma Quadros. Não sei. Melhor aguardar outras ações pra entender melhor este novo movimento da cusparada ideológica.
  

Já cuspistes em alguém hoje? Nãããã! Pois se queres ser um cidadão digno desta verde&amarela democracia, e acima de tudo estar bem em teus perfis twitterfaces, apressa-te em fazê-lo. Ahhhh! Não tens ninguém em especial pra praticares? Cuspa no filho do vizinho... tens grandes chances de tua culpa ser bem menor. Inspira-te nos trechos, abaixo, do poema “Versos íntimos” de Augusto dos Anjos:
Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!..
Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.
Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!
Ó, a parte do ”Apedreja...” e a do “Escarra...”, tu esquece... pelo menos por enquanto. 

Nota triste: O Kid Abelha anunciou na noite de sexta-feira (22) o fim da banda após mais de três décadas de carreira. Formada por Paula Toller, George Israel e Bruno Fortunato, o grupo criou hits como “Como eu quero”, “Fixação”, “Lágrimas e Chuva”, “Nada sei” e "Pintura íntima". Formado nos anos 1980, o Kid Abelha gravou 16 discos. “Optamos por um soft-ending, um final suave, evitando o sensacionalismo, com a convicção de que nossa trajetória vitoriosa sempre se deveu ao entusiasmo e dedicação sempre renovados a cada disco, cada turnê... A vontade de experimentar outras formas de criar e o desgaste natural de tanto tempo juntos nos levaram a essa decisão” informou o Kid Abelha em sua página no Facebook. LEIA NA ÍNTEGRA èFazer o que? Vão-se os anéis, mas fica a Paula Toller que, cá pra nós, seja solo, acompanhada ou fazendo um soft-ending, é ótima... artista, né não? É como diria minha vó, Da Elizabeth, a primeira e única, pelo menos por parte de mãe: Meu filho, em tempos de soft-ending, minha toller primeiro.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Após conversar com Pedro Paulo, Iemanjá pede desculpas pela ressaca

Surpreendido pela forte ressaca que derrubou parte da ciclovia na avenida Niemeyer, o secretário executivo da prefeitura do Rio de Janeiro, Pedro Paulo, tomou fôlego e mergulhou imediatamente no mar. “A população precisa saber quem são os irresponsáveis por essas ondas”, afirmou. Poucos minutos depois, convocou uma coletiva de imprensa com a presença de Iemanjá.
“Peço desculpas pelo transtorno. A culpa é toda minha. A ciclovia não foi superfaturada e é sólida como o bíceps de Pedro Paulo”, explicou a Rainha do Mar. O secretário executivo completou: “Quem não tem uma ressaca dentro de casa, um descontrole? Quem não exagera numa onda?”
Ao saber do ocorrido, Eduardo Paes voltou da Grécia para dar explicações aos cariocas de como lidar com ressacas. Ele ressaltou, assertivo, que a queda da ciclovia faz parte de sua estratégia para combater as pedaladas: “Se a onda tivesse chegado em Brasília, essa história toda de impeachment não teria acontecido.” O deputado estadual Marcelo Freixo criticou a falta de planejamento da prefeitura: “Inadmissível que uma ciclovia batizada de Tim Maia esteja despreparada para lidar com ressacas”. - by iPiauiHerald/Estadão 

“Decepção” - a cara do Brasil

É impossível se tornar a pessoa que você sempre quis, sem antes romper com antigos hábitos daquela pessoa que você sempre foiAnônimo

Lula tenta jogar um banho de água fria na discussão interna do PT sobre a possibilidade de o partido erguer a bandeira das "Diretas Já" antes mesmo do fim do julgamento de Dilma Rousseff no Senado. Ele diz que a iniciativa teria que partir da própria presidente. E que, pelo que conhece da petista, ela "dificilmente" concordaria com a ideia.
No governo, no entanto, a discussão segue firme, com alguns dos principais ministros tentando convencer Dilma de que as "Diretas Já" dariam a ela o melhor discurso se for afastada em maio para esperar pelo julgamento do impeachment no Senado. De acordo com integrante do PT, ao contrário do que imagina Lula, ela já estaria aceitando conversar sobre o assunto.
Pela proposta, Dilma não renunciaria e seguiria clamando por um processo "justo". Mas reconheceria que, diante da crise de governabilidade, só mesmo eleições diretas para recolocar o país no rumo. Para isso, ela aceitaria reduzir o próprio mandato em dois anos, convocando eleições presidenciais para outubro, junto com as municipais. CONFERE LÁèMas a pergunta é: Lula ainda convence? Se continuar insistindo nestes banhos de água fria é bem capaz da turma pegar uma baita gripe.

A cara do Brasil - Carlos Augusto Montenegro, o Sr. Ibope, por dever de ofício conhece como poucos o perfil do brasileiro. Por isso, ele não se espantou com o que viu e ouviu dos deputados na sessão da Câmara no impeachment: -Aquele é o espelho do Brasil.
Aliás e a despropósito: Cristo Redentor, que já foi iluminado com cores de várias campanhas, vai cair no samba. Com todo o respeito. É que, para festejar o aniversário da Mangueira, o monumento será iluminado com as cores verde e rosa, de segunda até dia 30 - Por Ancelmo Gois/O Globo 

Vai dá merda - Em estratégia para conseguir apoio internacional contra o impeachment, a presidente Dilma Rousseff pretende fazer um discurso duro em cerimônia de assinatura do Pacto de Paris, na ONU (Organização das Nações Unidas), para denunciar uma "tentativa de golpe no país". A petista, que até a manhã de terça-feira (19) não considerava viajar a Nova York para a cerimônia, mudou de ideia à noite, em reunião com assessores e auxiliares no Palácio do Planalto. No encontro, ela ressaltou que ainda não havia uma decisão definitiva sobre a viagem, mas na manhã de quarta (20) bateu o martelo. Leia na íntegra è Esse martelo pode acabar caindo no pé... dela mesma.
Recadinhos da turma do STF - Gilmar Mendes: Eu não sou assessor da presidente e não posso aconselhá-la. Mas todos nós que temos acompanhado esse complexo procedimento no Brasil podemos avaliar que se trata de procedimentos absolutamente normais, dentro do quadro de institucionalidade. Inclusive as intervenções do Supremo determinaram o refazimento até de comissões no âmbito do próprio Congresso Nacional, da própria Câmara, [o que] indica que as regras do Estado de Direito estão sendo observadas.
Celso de Mello: "[A presidente] exerce em plenitude as atribuições constitucionais de seu cargo que lhe dá legitimidade para atuar no plano internacional, ainda que politicamente possa estar muito desgastada em virtude de recente deliberação da Câmara dos Deputados... Agora, há um equívoco quando afirma que há um golpe parlamentar, ao contrário. O STF, ao julgar uma Arguição de Descumprimento de preceito Fundamental, deixou claro que o procedimento destinado à abertura do processo de impeachment observa os alinhamentos ditados pela Constituição da República", diz.
Dias Toffoli: "Falar que o processo de impeachment é um golpe depõe e contradiz a própria atuação da defesa da presidente, que tem se defendido na Câmara dos Deputados, agora vai se defender no Senado, se socorreu do Supremo Tribunal Federal, que estabeleceu parâmetros e balizas garantindo a ampla defesa. Portanto, alegar que há um golpe em andamento é uma ofensa às instituições brasileiras, e isso pode ter reflexos ruins inclusive no exterior porque isso passa uma imagem ruim do Brasil. Eu penso que uma atuação responsável é fazer a defesa e respeitar as instituições brasileiras e levar uma imagem positiva do Brasil para o mundo todo, que é uma democracia sólida, que funciona e que suas instituições são responsáveis”. CONFERE LÁ
     
A capa da semana

Clique na foto para ampliar

A presidente Dilma Rousseff "decepcionou o Brasil", diz a revista britânica "The Economist", em reportagem de capa de sua edição latino-americana. O texto, intitulado "A Grande Traição", afirma, no entanto, que toda a classe política fez o mesmo. Fonte portal G1/O Globo

Pedalando a propina - Guido Mantega é o homem das pedaladas. O fato de que ele também arrecadou propina para a campanha de Dilma Rousseff torna ainda mais forte o processo de impeachment. Como revelam as denúncias da mulher de João Santana, Guido Mantega estava disposto a cometer qualquer tipo de ilegalidade para reeleger a presidente. As pedaladas e a propina têm a mesma origem. E fazem parte do mesmo esquema, envolvendo as mesmas pessoas.
Dona Xepa entrega todo mundo - A mulher de João Santana, disse O Globo, "revelou que na disputa de 2014, pelo menos R$ 10 milhões teriam sido pagos a ela e a João Santana fora da contabilidade oficial. E mais: pagamentos via caixa 2 não teriam sido prática exclusiva da última eleição: ocorreram nas campanhas presidenciais pela eleição de Dilma (2010), e pela reeleição de Lula (2006), além das campanhas municipais de Fernando Haddad (2012), Marta Suplicy (2008) e Gleisi Hoffmann (2008)". Dilma Rousseff não cometeu crimes. Nem Lula. Nem Haddad. Nem Marta. Nem Gleisi. Site O AntagonistaEnviado por Cacau Quil

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Especial: Sonhos de uma noite inconfidente

Há quem diga que todas as noites são de sonhos. Mas há também quem garanta que nem todas, mas somente as de verão. Mas no fundo isso não tem importância. O que nos interessa mesmo não são as noites em si, são os sonhos. Sonhos que os homens sonham sempre em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado” frase de William Shakespeare citada por Carlos de Almeida Vieira, psicanalista e psiquiatra, no blog do Moreno/Globo, ontem, quarta 20

   
Sonhando em Melbourne - Economistas da Universidade de Melbourne analisaram os hábitos laborais de 3 mil homens e 3,5 mil mulheres com mais de 40 anos, comparando-os com resultados de testes de capacidade cerebral. Os acadêmicos concluíram que o trabalho em tempo parcial mantém o cérebro estimulado e evita exaustão e estresse. E pedem que isso seja levado em consideração pelos diversos países em que a idade mínima de aposentadoria tem sido elevada. O estudo usou dados de um censo australiano conduzido pelo Instituo de Economia Aplicada e Pesquisas Sociais, também ligado à Universidade de Melbourne.
"O trabalho pode ser uma faca de dois gumes. Estimula a atividade cerebral, mas, em longas horas e em uma série de funções pode causar fadiga e estresse, o que pode potencialmente danificar as funções cognitivas", escreveram os pesquisadores.
Colin McKenzie, um dos economistas envolvidos, disse que trabalhar longas horas era mais prejudicial ao cérebro do que ficar sem trabalhar - pessoas trabalhando cerca de 60 horas por semana apresentaram atividade cognitiva menor do que pessoas desempregadas. No entanto, trabalhar menos de 25 horas também causou redução de habilidade cognitiva. CONFIRAèLegal né não? Como disse o Carlos Vieira, no caput desta postagem, copiando Shakespeare: O que nos interessa mesmo não são as noites em si, são os sonhos. Sonhos que os homens sonham sempre em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado... Depois desse feriadão avisa ao “chefe” que a partir de agora só vai trabalhar meio expediente, pra preservar sua “atividade cerebral”... no fim do mês, manda os extratos das suas contas à pagar, pra turma de economista de Melbourne. Quem sabe, eles têm uma solução melbourniana economicamente correta?

Ivan Shamyanok, de 90 anos, diz que o segredo para uma vida longa é não deixar sua terra natal, mesmo que ela seja um vilarejo na Bielorrússia contaminado com material radioativo de um desastre nuclear. O vilarejo em que mora, chamado Tulgovich, está à beira de uma "zona de exclusão" permanentemente contaminada por material radioativo, que chegou por nuvens após o teste fracassado na usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, então uma república soviética, no dia 26 de abril de 1986. O acidente forçou mais de 100 mil pessoas a deixar esta zona, que tem 2.600 km², aproximadamente o tamanho de Luxemburgo, através da fronteira entre a Ucrânia e a Bielorrússia. Mas Shamyanok e sua esposa recusaram a oferta para se mudar e nunca tiveram qualquer efeito nocivo de radiação. “Tudo bem até agora. Os médicos vieram ontem, me colocaram na cama e me examinaram. Disseram: ‘tudo bem com você, vovô”, diz Shamyanok – Confere láèCá pra nós, se o cara chegou até os “noventa” e diz que “não deixar sua terra natal, mesmo que ela seja um vilarejo contaminado com material radioativo”, ou seja lá que desculpa for, tem mais é que ser respeitado. Quisera eu chegar aos “setenta” tendo pelo menos noção de onde moro. Atenção! Eu disse “moro”, primeira pessoa do presente do indicativo do verbo morar, e não Moro... e cê sabe muito bem ao “que” me refiro. 

A imagem que não quer calar

Recorte da imagem publicada na capa do Correio Brazilense, no início desta semana

A ministra Maria Thereza de Assis Moura, relatora no TSE das quatro ações que propõem a cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014, mandou ontem em um despacho que a Polícia Federal faça diligências e produza provas para embasar os processos. CONFERE LÁ
O ministro Teori Zavascki, do STF, anexou trechos da delação premiada do senador Delcídio do Amaral ao maior inquérito da Operação Lava Jato em andamento na Corte, com 39 pessoas investigadas. Entre as partes inseridas, há citações à presidente Dilma Rousseff, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao vice-presidente Michel Temer. A inclusão não os torna investigados no caso, mas acrescenta informações no inquérito, destinado a revelar como funcionava a "organização criminosa" que desviava recursos da Petrobras em benefício de partidos e políticos. CONFERE LÁ

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Estupidez deveria ter limites?

"É de chorar de vergonha! Simplesmente patético! Anotem: teremos outras razões para sentir vergonha de nós mesmos em toda essa história" Joaquim Barbosa, segunda (18), sobre a votação do impeachment na Câmara dos deputados

Limitando o Sempre Livre - O presidente da Anatel, João Rezende, explicou que a era da internet ilimitada está chegando ao fim. Apesar de cautelar da agência publicada nesta segunda-feira (18/4) ter proibido por 90 dias as empresas de banda larga fixa de reduzirem a velocidade da conexão ou cortarem o acesso, Rezende afirmou que a oferta de serviços deve ser "aderente à realidade".
"Não podemos trabalhar com a noção de que o usuário terá um serviço ilimitado sem custo... Em nem todos os modelos cabe ilimitação total do serviço, pois não vai haver rede suficiente para tudo... Acho que as empresas, ao longo do tempo, deseducaram os consumidores, com essa questão da propaganda de serviço ilimitado, infinito. Isso acabou, de alguma maneira, desacostumando o usuário. Foi má-educação", afirmou o João. CONFIRAè”A Ilimitação deseducou o consumidor...” Putz, é isso mesmo que li? Esse cara tem tudo pra ser eleito deputado federal, pelo PT... da Bahia.
Data venia... O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Claudio Lamachia, afirmou nesta terça-feira, 19, que é “inaceitável” a resolução cautelar da Anatel publicada no Diário Oficial da União... Para Lamachia, ao editar essa resolução, a Anatel ‘nada mais fez do que informar às telefônicas o que elas devem fazer para explorar mais e mais o cidadão’. Se não houver recuo por parte da Anatel, a OAB não descarta judicializar a questão para resguardar o direito dos consumidores. CONFERE LÁ èGrande Lamachia. Não a toa que é conhecido, em todas as rodas de vade mecum, como o Claudio da OAB. Deve ser pra não ser confundido com o outro. Como “que outro” porra! O do Q&M... claro! 

Os patrocinadores e contribuintes dos quatro principais fundos de pensão do País (Previ, Petros, Funcef e Postalis) terão de desembolsar cerca de R$ 58 bilhões para cobrir o rombo que essas entidades acumulavam, juntas, até 2015. O dado foi levantado pela Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga operações nesses fundos de pensão. Segundo o relatório da CPI, além do déficit, foram registradas fraudes de R$ 6,62 bilhões em aplicações financeiras... O relatório final ainda deve pedir o indiciamento de João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT, e de Carlos Alberto Caser, ex-presidente da Funcef. CONFERE LÁ
èE... O peso dos trabalhadores inativos nos cofres públicos vai além das despesas com a Previdência Social. Dentro do governo, que possui um regime próprio de Previdência para os servidores, os aposentados e pensionistas já ocupam mais da metade do quadro de pessoal em 12 dos 25 ministérios (incluindo Banco Central), segundo dados do Boletim Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento. As despesas com inativos só no Executivo somaram, em 2015, R$ 91,5 bilhões, 45% de tudo que o governo gasta com a folha de pessoal para esse Poder. CONFERE LÁ

Pra relaxar!

O brasileiro pagou R$ 600 bilhões em impostos do início do ano até este sábado (16), segundo o “Impostômetro”, da Associação Comercial de São Paulo. No ano passado, esse mesmo montante foi alcançado um dia depois, em 17 de abril. Chore na íntegra

Chegado mais perto - Um laudo da Polícia Federal feito com base na quebra do sigilo fiscal da empreiteira Andrade Gutierrez destaca o pagamento de R$ 3,6 milhões para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre 2011 e 2014. São valores que “transitaram” por uma conta chamada “overhead” trilhando mesmo percurso do dinheiro que abasteceu empresas investigadas por lavagem de dinheiro de propina alvo da Operação Lava Jato, como firmas ligadas aos operadores financeiros Adir Assad, Fernando “Baiano” Soares, Mário Goes e Julio Gerin Camargo. CONFERE
A Procuradoria-Geral da República usará o termo de delação premiada de Diogo Ferreira, ex-chefe de gabinete do senador Delcídio do Amaral, para encorpar a denúncia que prepara contra Lula, segundo fontes ligadas ao caso. As informações sobre os pagamentos feitos por Maurício Bumlai, filho do pecuarista José Carlos Bumlai, um grande amigo de Lula, para financiar a família de Nestor Cerveroó, constam do documento firmado por Ferreira e homologado pelo ministro Teori Zavascki, na última quinta-feira. O teor dessa delação foi revelado por Época. A denúncia será apresentada pela PGR ao Supremo até o começo de maio." Do site “O Antagonista” enviado por Cacau Quil

terça-feira, 19 de abril de 2016

Vamu que vamu!

Clique na imagem para ampliar

Mudar é uma boa ideia

Mudanças, renovação, esperança. Vivemos num mundo onde projetamos constantemente o futuro e depositamos a responsabilidade em terceiros. A renovação acontece a cada dia, a cada respiração. Se cada ser humano entendesse que é seu próprio mestre, e cada instante é o momento de mudar, de corrigir o que não está bom, de escolher um caminho diferente, teríamos um planeta totalmente diferente. O momento é agora e a mudança é você quem fazAnônimo 

Enfim uma boa ideia – Um alambique artesanal foi encontrado na Casa de Prisão Provisória de Palmas durante uma vistoria. Os presos usavam pães e frutas para fazer a cachaça, que era vendida por até R$ 400 a garrafa de dois litros... A fabricação da cachaça artesanal foi descoberta depois que os policiais começaram a encontrar alguns presos com comportamento diferente, aparentando estarem bêbados. Alguns, inclusive, foram levados para fazer teste de embriaguez.
Nos baldes, os presos deixavam frutas e pães para fermentarem. Os detentos improvisaram uma fiação ligada na rede de energia elétrica para esquentar o produto. Depois, o líquido era colocado em garrafas pet... O agente penitenciário Dalberto Silva explicou como funcionava o sistema dos presos: "Eles colocavam fios e amarram pregos e pedaços de ferros na ponta. Depois jogam dentro do balde com o material em decomposição. Com isso, o liquido começava a ferver e começava o processo de purificação... Conforme ia fervendo, eles tinham um sistema em que ligam mangueiras e canos de antenas de televisão para tirar a cachaça. O que saí de dentro, o vapor, é álcool puro". Beba na íntegraèCá pra nós, os caras podem ser traficantes, assassinos e o escambau, mas no quesito criatividade são 10. Nota dez. Se dono de uma indústria fosse terceirizava essa turma pra trabalhar no Departamento de Novas Tecnologias da Produção. Pra mim se os inscreverem no “Prêmio Inventores”, da Unicamp, não vai ter pra ninguém. Na categoria “Criatividade a serviço das minorias sociais”, eles só perdem mesmo para os políticos, porém certamente são mais bem mais confiáveis.
Mas fora dos muros a concorrência é grande: O Papa Francisco recebeu na sexta (15), no Vaticano, o presidente da Bolívia, Evo Morales, para uma audiência de quase meia hora.  No fim do encontro, o líder boliviano recomendou que o pontífice tome coca por seus benefícios para a saúde. "Eu estou tomando e me faz bem. Por isso recomendo", afirmou Morales ao Papa. CONFERE LÁ

Pra não dizer que não falei das flores - Em números absolutos, os deputados de São Paulo foram os que mais votaram pelo impeachment, com 53 votos a favor e 13 contra. Em seguida aparecem Minas Gerais e Rio de Janeiro. O que mais votou contra foi a Bahia, com 22 contra e 15 a favor. No Amazonas e em Rondônia, 100% dos deputados foram a favor do impeachment. Os menores percentuais a favor foram no Amapá (37,5% a favor), Bahia (38,5%) e Ceará (40,9%).
Entre os partidos, PMDB (59 a favor e 7 contra), PSDB (52 a favor), PP (38 a 4, e 3 abstenções) e PSB e DEM (29 cada) foram os que mais votos deram ao impeachment. Percentualmente, PSDB, DEM, PRB, SD lideram a lista dos nove partidos que votaram 100% pelo impeachment. PCdoB, PSOL e PT votaram 100% contra o impedimento. CONFERE

Um diálogo no camburão - No dia 21 de agosto de 2014, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa (à esquerda) e o doleiro Alberto Youssef tiveram um inusitado encontro no carro da PF quando estavam a caminho de uma audiência em Curitiba. Era uma oportunidade de conversar. Costa comunicou que assinaria um acordo de delação premiada. Youssef pediu que ele esperasse, mas não adiantou.
O diálogo, que aconteceu na caçamba apertada do veículo, seria fundamental para o desdobramento da Lava Jato. A história é contada no livro "Lava-Jato — O juiz Sérgio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil", escrito por Vladimir Netto, que a Sextante manda para as livrarias em maio. Moro é, segundo Youssef, "o único homem de quem eu tenho medo".
Ainda não – O Supremo decidiu que não votará mais nesta quarta-feira [20], se Lula pode ou não assumir a Casa Civil. Jogará a discussão para outra semana. Ambos os posts foram publicados na Coluna Lauro Jardim/jornal O Globo domingo, 17 e enviados por Cacau Quil

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Brasil, 17 de Abril de 2016

Não fale, a menos que possa melhorar o silêncio” 
Jorge Luis Borges escritor argentino


O Brasil fracassou como modelo e fracassou com seus cidadãos.
Apenas a robusta independência de seu judiciário o redime.”
Editorial do Sunday Times sobre a complicada sequência de fatos
que levou à votação do impeachment da presidente